Atrapalhado por clima, Palmeiras acerta últimos detalhes no Uruguai

O Palmeiras realizou na tarde desta terça-feira seu último treinamento antes do confronto com o Peñarol, pela Copa Libertadores. A previsão de chuva em Montevidéu durante a noite alterou a programação inicialmente traçada pela equipe alviverde no Uruguai.

A ideia era realizar um treinamento noturno no Estádio Campeón del Siglo, sede da partida marcada para as 214h45 (de Brasília) de quarta-feira. Por conta da previsão de chuva, o time precisou mudar de planos e trabalhou durante a tarde no acanhado Estádio Luiz Franzini, casa do Defensor.

A imprensa pôde acompanhar apenas o aquecimento dos jogadores. De acordo com o site oficial do Palmeiras, o técnico Eduardo Baptista promoveu um treino tático e acertou os últimos detalhes para o duelo. O elenco alviverde ainda realizou um treino de finalizações, incluindo cobranças de faltas e pênaltis.

“É claro que gostaríamos de treinar no estádio do jogo para ver como é o gramado e se adaptar. Ninguém do Palmeiras conhece o campo. Mas acho que não muda muito”, afirmou o atacante Roger Guedes, escolhido para conceder entrevista no hotel que abriga a delegação palestrina.

Sem o suspenso Dudu, o técnico Eduardo Baptista pode simplesmente escalar o atacante Willian ou promover a entrada do volante Thiago Santos para reforçar o meio de campo. Com a presença de Thiago Santos, outra alternativa é colocar Willian no comando de ataque como substituto do apagado Miguel Borja.