United cai diante lanterna e faz City conquistar Inglês por antecipação

EFE

Redação Central, 15 abr (EFE).- O Manchester City conquistou neste domingo, pela quinta vez na história, o título de campeão inglês, graças a derrota do arquirrival, Manchester United, para o West Bromwich por 1 a 0, em pleno estádio Old Trafford.

Os comandados pelo espanhol Josep Guardiola, que ontem bateram o Tottenham por 3 a 1, em Londres, precisavam que o vice-líder perdesse hoje para o último colocado na competição ou na quarta-feira, para o Bournemouth, antes de voltar a campo no domingo, para enfrentar o Swansea.

Os Diabos Vermelhos, que há oito dias estragaram a festa antecipada do City, levando a melhor em clássico por 3 a 2, de virada, acabaram caindo hoje graças a gol do meia-atacante Jay Rodriguez, anotado aos 28 minutos do segundo tempo.

Outro destaque da partida foi o goleiro, que foi jogador do United entre 2005 e 2010, que fez algumas grandes defesas, impedindo o ataque da antiga equipe. A melhor intervenção do camisa 1 aconteceu na etapa complementar, em cabeçada do atacante belga Romelu Lukaku.

Com o revés, o time treinado pelo português José Mourinho ficou estacionado na marca de 71 pontos. Como ainda entrará em campo mais cinco vezes, só poderá chegar a 86, um a menos do que o time azul de Manchester conquistou até aqui.

Na história, o City tem cinco taças de campeão do Inglês, número muito distante do United, maior vencedor da competição nacional, com 20 títulos. Logo atrás aparece o Liverpool, com 18, seguido por Arsenal, com 13; Everton, com nove; Aston Villa, com seis; Sunderland e Chelsea, ambos com cinco.

O West Bromwich, que acabou jogando a taça no colo do City, uma semana do esperado, chegou aos 24 pontos e agora está nove distante do Swansea, primeiro fora da zona de rebaixamento. A equipe encerrou série sem vitórias iniciada em 13 de janeiro e de dez partidas sem pontuar. EFE


Leia também