ATP e WTA voltam em agosto, Roland Garros começa em 27 de setembro

AFP
Operários trabalham na construção do teto da quadra Philippe Chatrier, em Roland Garros, 27 de maio de 2020
Operários trabalham na construção do teto da quadra Philippe Chatrier, em Roland Garros, 27 de maio de 2020

Os circuitos feminino (WTA) e masculino (ATP) de tênis, suspensos desde março devido à pandemia do coronavírus, serão retomados a partir de 3 de agosto, em Palermo, e 14 de agosto, em Washington, respectivamente, de acordo com os calendários revelados oficialmente nesta quarta-feira (17).

O Grand Slam parisiense de Roland Garros, normalmente disputado entre maio-junho e que precisou ser adiado, começará em 27 de setembro para permitir a disputa dos Masters 1000 de Madri (13 de setembro) e Roma (20 de setembro).

No circuito ATP, depois do torneio de Washington, serão disputados o Masters 1000 de Cincinnati (22 de agosto) e o US Open (31 de agosto), ambos com Nova York como sede.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Roland Garros manterá o Qualifying prévio à chave principal, que começará em 21 de setembro, enquanto que o US Open optou por não disputar a fase classificatória na edição deste ano.

Já Palermo, capital da Sicília, será palco da volta do tênis feminino com um torneio International, a menor categoria da WTA.

Em seguida, Nova York recebera a partir de 21 de agosto o Premier Mandatory (equivalente ao Masters 1000 masculino) de Cincinnati e o US Open.

Este calendário é "provisório", já que depende de condições sanitárias "flutuantes" e das medidas tomadas pelos governos, explicaram a ATP e a WTA.

Até o momento, o calendário de retomada do tênis profissional prevê disputas até a final masculina de Roland Garros, em 11 de outubro.

"A ATP continua estudando todas as opções para adicionar torneios ATP 500 e 250 caso as circunstâncias permitem", completou a entidade.

A ATP prevê uma atualização do calendário em meados de julho "com uma eventual temporada asiática antes da indoor europeia", que incluiria o ATP Finals, em Londres.

A WTA publicou seu calendário até o fim do ano, com o Finals programado para 9 de novembro em Shenzhen, na China.

Nas próximas semanas, ATP e WTA decidirão o que fazer com seus rankings mundiais, congelados desde março.

Leia também