ATP revisa regra de pausa para ir ao banheiro e limita tempo

·1 min de leitura
Novak Djokovic em ação durante a final do US Open de 2021 (AFP/MATTHEW STOCKMAN)

A ATP, entidade que comanda o circuito de tênis profissional masculino, anunciou nesta segunda-feira a modificação do regulamento sobre pausas para ir ao banheiro durante os jogos - agora limitado a cinco minutos no máximo - para a temporada de 2022, após as polêmicas vividas neste ano.

Assim, esta pausa será "limitada a um máximo de três minutos a partir do momento em que o jogador entra no banheiro", com "dois minutos extras para trocar de roupa", disse à AFP um porta-voz da ATP confirmando informações do jornal L'Equipe.

Além disso, apenas uma pausa para ir ao banheiro por partida será concedida a cada jogador, e essas pausas só podem ser feitas entre os sets.

Essas pausas, legais, mas cujo espírito esportivo às vezes foi questionado, geraram polêmica na temporada de 2021.

Em duas ocasiões em Roland Garros, nas oitavas de final contra Lorenzo Musetti e na final contra Stefanos Tsitsipas, Novak Djokovic passou um longo intervalo fora da quadra, quando perdia por dois sets a zero, e depois voltou a jogar, vencendo de virada.

Tsitsipas também fez longas pausas desse tipo, principalmente na primeira rodada do US Open, onde acabou derrotando Andy Murray, que afirmou ter perdido "todo o respeito" pelo grego após aquele incidente.

ig/smr/iga/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos