Atlético dispensa Elias de apresentação e volante quer pedido documentado

Victor Martins
Elias não vai renovar contrato com o Atlético e foi dispensado da apresentação do elenco (Fernando Moreno/AGIF)
Elias não vai renovar contrato com o Atlético e foi dispensado da apresentação do elenco (Fernando Moreno/AGIF)

O contrato do volante Elias com o Atlético-MG se encerra no final deste mês. Mesmo fora dos planos do clube para 2020, inclusive já comunicado que não terá seu vínculo renovado, o jogador se programava para estar na Cidade do Galo, nesta quarta-feira (8), data que os atletas retornam das férias. No entanto, Elias foi comunicado verbalmente que está dispensado de se apresentar ao técnico Rafael Dudamel. Por garantia, o volante quer o pedido documentado.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Elias quer evitar qualquer tipo de problema que poderia acarretar a sua na Cidade do Galo, uma vez que ele ainda tem vínculo com o Atlético. A promessa da diretoria alvinegra é que até o fim da tarde o documento vai estar com o empresário do atleta. Como tem contrato, o volante de 34 anos tem direito e vai receber o salário referente a janeiro de 2020.

Leia também:

Ao ser informado de que não precisa se apresentar, Elias também recebeu a promessa de que nos próximos dias o acerto de sua saída do clube será feito. Como o Atlético deve uma quantia relevante ao jogador, cerca de R$ 2 milhões, de acordo com informação do Uol Esporte, a vontade da diretoria alvinegra é fazer um acordo com o staff do jogador e parcelar essa quantia. Esse valor é referente a salários, direitos de imagens e até luvas pela assinatura do contrato, que aconteceu em janeiro de 2017.

Elias chegou ao Atlético com status de grande reforço da temporada, para uma equipe que já tinha nomes como Robinho, Fred, Rafael Carioca e outros mais. No entanto, o volante viveu altos e baixos durante as três temporadas que atuou pelo Galo, assim como todo o time. Fez gols importantes, como o do último título do clube, o Mineiro de 2017, na decisão contra o Cruzeiro. Mas a passagem por Belo Horizonte vai ficar muito mais marcada pelas cobranças.

Para tirar o jogador do Sporting, de Portugal, o Atlético pagou 2,5 milhões de euros. Entre variação cambial e juros por atrasos nos pagamentos de parcelas, Elias custou mais de R$ 10 milhões para o clube mineiro. Ao todo foram 164 partidas com a camisa atleticana e 25 gols marcados. O único título conquistado foi o Mineiro, de 2017.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter