Atleticanos comemoram vitória, mas cobram atenção na sequência

Com a Arena da Baixada lotada, o Atlético Paranaense bateu o Flamengo por 2 a 1 e assumiu a liderança do Grupo 4 da Libertadores da América, dando um passo importante rumo à classificação, embora o discurso seja de manter os pés no chão e o alerta total. O volante Otávio, que voltou ao time após se recuperar de lesão, agradeceu o apoio do torcedor, já que a previsão era de um duelo duro, como realmente foi durante os 90 minutos.

“Sabíamos da dificuldade que iríamos encontrar, mesmo em casa. Com ajuda da torcida fomos felizes, fizemos dois gols”, disse o jogador, que não deixou de chamar a atenção do grupo para o apagão nos minutos finais, quando quase se complicou novamente em casa. “O que aconteceu no finalzinho não pode acontecer, mas estamos muito felizes com a vitória”, emendou.

Reintegrado ao grupo após uma pequena crise, Paulo André entrou normalmente como titular e ajudou a defesa atleticana. Satisfeito com o resultado, o defensor, entretanto, alerta que a luta continua. “O Flamengo tem uma bela equipe. Jogarem melhor aqui do que lá, duas semana atrás. Nossa torcida ajudou muito e conseguimos uma vitória que nos dá um passo a mais. Agora temos dois jogos dificílimos. Precisamos de quatro pontos para poder garantir a classificação”, avaliou.

Mas o grande destaque rubro-negro foi o zagueiro Thiago Heleno, autor do primeiro gol da partida. O jogador, aliás, revelou que a intenção no lance era cruzar, mas a bola entrou, Melhor para o Furacão. “Nosso time hoje foi muito forte, com intensidade boa. Minha intenção no gol era botar a bola dentro da área. Fico muito feliz”, concluiu.