Atletas russos poderiam participar de competições asiáticas, avalia COI

Edifício-sede do COI em Lausanne, na Suíça

BERLIM (Reuters) - Atletas russos e bielorrussos podem participar de eventos esportivos asiáticos, e o Comitê Olímpico Internacional (COI) está analisando opções para retorno deles às competições internacionais.

O COI disse nesta quarta-feira que o Conselho Olímpico da Ásia ofereceu aos atletas russos e bielorrussos a chance de competir na Ásia.

Em comunicado, o COI afirmou que "recebeu e apreciou a oferta do Conselho Olímpico da Ásia para dar a esses atletas (russos e bielorrussos) acesso às competições asiáticas".

Isso também poderia incluir eventos de qualificação olímpica, com atletas russos e bielorrussos impossibilitados de competir na Europa devido a várias restrições e proibições, bem como à oposição causada pela invasão russa da Ucrânia.

O COI quer incluir atletas russos e bielorrussos como neutros nas Olimpíadas de Paris 2024, o que significaria competir sob a bandeira olímpica, mas ainda não está claro se e como eles poderiam se classificar.

Alguns comitês olímpicos nacionais, incluindo o comitê dos Estados Unidos, apoiaram o possível retorno desses atletas sob uma bandeira neutra.

O COI disse após consultar as partes interessadas que "nenhum atleta deve ser impedido de competir apenas por causa de seu passaporte".

Um caminho para seu retorno à competição "sob condições rígidas" deve ser mais explorado, afirmou.

Isso incluiria nenhum apoio ativo à guerra na Ucrânia e testes de doping rigorosos.

(Reportagem de Karolos Grohmann)