Atletas de Juiz de Fora (MG) levam títulos na Maratona de Niterói (RJ)

Bruno Eduardo


Minas Gerais foi ao alto do pódio das duas principais provas da 1ª Maratona de Niterói. Jocemar Fernandes Correia e Marina Peixoto Fraguas foram os campeões da disputa de 42km solo que aconteceram neste domingo (15). Mais de 2,3 mil maratonistas participaram da programação, que contou ainda com revezamento em dupla e quarteto, além dos 5km. Os participantes largaram no Caminho Niemeyer e percorreram toda a orla niteroiense, passando pela entrada de Camboinhas chegando novamente no caminho Niemeyer.

O evento contou com o apoio da Prefeitura por intermédio da Secretaria Esporte e Lazer e do Grupo Executivo Caminho Niemeyer, além do patrocínio da LPH Engenharia.

E parece que Niterói dá bastante sorte para Jocemar Fernandes. É a segunda vez que o morador de Juiz de Fora vence uma prova de corrida de rua na Cidade Sorriso.


“A primeira vez que eu corri aqui foi os 10km e ganhei. E agora eu vim estrear na maratona e, graças a Deus, consegui chegar em primeiro lugar”, disse o atleta, que teve medo de não conseguir cruzar a linha de chegada. O tempo dele foi de 2h50m29s.

“Foi um pouquinho difícil. Eu senti bastante e meu ritmo caiu um pouco no final, mas eu consegui controlar e fazer uma boa prova.”

Em segundo lugar ficou Fabiano Moura dos Santos, com 2h52m05s. Marcio Souza ficou em terceiro, com 2h58m12s. Da mesma cidade que Jocemar, a maratonista Marina Peixoto Fraguas venceu os 42km em 3h32m43s e comemorou bastante as conquistas dos mineiros.


"Nós dominamos! Nós viemos pra brilhar! A galera de lá veio pra chegar em primeiro. Porque aqui é só ouro pra Juiz de Fora", brincou a atleta, que amou o percurso da maratona e toda a estrutura montada .“Niterói é top! Tem muito morro, mas eu gosto de prova dura. Se for pra fazer prova mole, eu fico em casa dormindo”. disse o atleta


A vice-campeã foi Karen Oliveira Krichana da Silva, com 3h56m38s, seguida por Marcia Cristina Pires Bessa, com 3h56m48s.

O prefeito de Niterói Axel Grael participou da cerimônia de premiação e elogiou a participação de todos .

"Niterói é uma cidade esportiva estamos aqui para incentivar cada vez mais eventos deste porte, que ajuda inclusive na geração de emprego e renda . Foi uma prova muito bonita com profissionalismo e muita vibração dos atletas . Fiquei muito feliz e vamos apoiar outros eventos deste porte “ disse o prefeito .

No Caminho Niemeyer além dos box para atendimento aos atletas e toda a estrutura operacional do evento , houve ainda feira de adoção de animais e materiais esportivos, área de alimentação e premiação , passeio de balão e show com a banda Bicho Solto.

"Niterói já é considerada a cidade da vela, das Canoas e do esporte ao ar livre, Niterói agora também pode ser chamada de cidade das Maratonas. O evento foi mais uma prova de que Niterói é a cidade do esporte e muitos outros eventos estarão acontecendo nos próximos meses nas diversas modalidades “ garantiu Luiz Carlos Gallo , secretário de Esporte e Lazer de Niterói


Recorde de público em Niterói


Sócios-fundadores da 1ª Maratona de Niterói, os triatletas Karen Cassalini e Armando Barcellos contam que o número de inscrições superou as expectativas. Eles celebraram o sucesso do evento e esperam um número maior de participantes em 2023.

“O resultado foi muito positivo. É recorde de público. Para o primeiro ano, nós entramos com o pé direito. E a minha expectativa para o ano que vem é passar dos 3 mil inscritos", afirma o triatleta.

Karen vai além. Sua expectativa é chegar a 5 mil atletas inscritos na segunda edição do evento.

“Estou muito feliz. É uma satisfação enorme realizar a primeira maratona da cidade. É um evento que tem tudo pra crescer ainda mais. Já foi um mega evento. Tivemos uma quantidade histórica de atletas inscritos. Nunca em Niterói houve uma corrida com tanta gente. Foi sucesso total!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos