Atleta de 101 anos leva o ouro nos 100 metros do World Masters Game

A indiana Mau Kaur, de 101 anos, comemora vitória no World Masters Game, em Auckland, em 24 de abril de 2017

Com a bandeira sobre a cabeça e a medalha pendurada no pescoço, a indiana Man Kaur, de 101 anos, comemorou a vitória na prova dos 100 metros - categoria acima de 100 anos - no World Masters Game, que acontece em Auckland.

Kaur completou a distância em 1 minuto e 14 segundos - 64 segundos a mais que o recordista mundial, o jamaicano Usain Bolt - na nona edição do evento, que acontece a cada quatro anos.

A indiana, que conquistou a 17ª medalha de ouro em sua emocionante e tardia carreira como atleta, precisava apenas cruzar a linha de chegada para garantir o ouro, já que era a única centenária na disputa dos 100 metros.

Para aquela que é chamada pela imprensa neozelandesa de "milagre de Chandigarh", nome da metrópole do norte da Índia em que nasceu, o mais importante não eram o tempo, e sim a participação.

"Estou muito feliz. Vou correr de novo, não vou parar", disse a atleta.

Kaur, que estreou no atletismo há oito anos, quando tinha 93, não tinha nenhuma experiência esportiva particular quando seu filho Gurdev Singh sugeriu a participação no World Masters Game.

Após a autorização dos médicos, a indiana foi acompanhada pelo filho em vários eventos para idososs em todo o mundo.

Quase 25.000 competidores participam no World Masters Games na Nova Zelândia.