Atlético Tucumán bate o Peñarol e adia classificação do Palmeiras

Não adiantou o torcedor do Palmeiras secar o Atlético Tucumán na noite dessa terça-feira. A equipe argentina voltou a fazer valer o fator casa e bateu o Peñarol pela quinta rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores da América pelo placar de 2 a 1. Com isso, o Tucumán chega aos sete pontos e assume a vice-liderança de forma temporária, já que nesta quarta, o Jorge Wilstermann, que soma seis pontos, recebe o Verdão na Bolívia. Os brasileiros lideram a chave com 10 pontos, enquanto os uruguaios, com apenas três, ocupam a lanterna e já estão eliminados.

Como a necessidade pela vitória era tanto do Atlético Tucumán quanto do Peñarol na noite dessa terça, as duas equipes partiram para o ataque em busca do gol. Dessa forma, quem foi ao estádio Monumental José Fierro viu um duelo aberto e com muitas oportunidades.

Os gols, porém, só saíram no segundo tempo. Zampedri aproveitou bola alçada na área e abriu o placar depois de muita pressão dos donos da casa. A vantagem empolgou o time de Tucumán, que na sequência por pouco não ampliou com de novo com Zampedri.

Mas, não demorou para o Peñarol voltar a falhar na marcação. Quatro minutos depois de levar o primeiro, Barbona arriscou o que seria um golaço olímpico. A bola explodiu na trave e ficou limpa para Leandro González balançar a rede.

Na base da força e do desespero, a equipe de Montevidéu ainda descontou com Gastón Rodríguez, mas não teve forças para continuar com a reação e teve de amargar mais uma derrota nessa Libertadores. Além do fiasco na edição desse ano, o Peñarol chegou ao 16º jogo sem vitória fora de casa pela competição continental. Por outro lado, o estreante Atlético Tucumán segue invicto na sua casa, com três vitórias e dois empates.