Atlético Nacional vence a primeira e respira na Copa Libertadores

Enfim, o Atlético Nacional conquistou seus primeiros três pontos na atual edição da Copa Libertadores da América. Defensor do título, a equipe colombiana bateu o Estudiantes em casa, no estádio Atanasio Girardot, por 4 a 1, diante 23.759 torcedores. Apesar da vitória, o time de Medellín, assim como seu rival dessa terça, segue em situação delicada. Ambos têm os mesmos três pontos no Grupo 1, com vantagem para o Atlético Nacional, que possue um saldo de gols melhor. Barcerlona de Guayaquil é o líder, com o Botafogo logo atrás.

Uma derrota significaria o adeus consumado dos colombianos. Por isso, a equipe entrou em campo determinada a disputar uma verdadeira final. Pior para o Estudiantes, que viu o adversário jogar como há tempos não conseguia, chegando a lembrar até mesmo os tempos encantados do ano passado.

Aos 35 minutos, quando o jogo já poderia ter o placar alterado, Uribe tirou o grito de gol entalado na garganta dos torcedores depois de bela jogada pela direita de Bocanegra.

A resposta do Estudiantes foi imediata, mas os argentinos não conseguiam ser fetivos e pagaram caro por isso ainda no primeiro tempo. Aos 44, Dauro Moreno ampliou após nova jogada pela direita.

E logo no primeiro minuto da etapa final, o Atlético Nacional voltou a se impor e chegou ao terceiro gol. Ibargën escorou mais uma cruzamento vindo da direita e evidenciou a fragilidade do sistema defensivo do Estudiantes, que até chegou a marcar o seu de honra, com Farid Díaz, mas não evitou a goleada, essa decretada por um golaço de Mac Torres, ainda aos 24 minutos. Daí para frente, os dois times deixaram apenas o tempo passar até o apito final.