Atlético Mineiro aposta em vendas de vídeos com mensagens personalizadas de ídolos do clube

·1 min de leitura
Reinaldo, ídolo do Atlético Mineiro, antes de partida do Atlético contra o Red Bull Bragantino pelo Campeonato Brasileiro

(Reuters) - O atual campeão brasileiro Atlético Mineiro está entrando em um mercado que já é popular nos Estados Unidos e no Reino Unido entre torcedores que querem se conectar com os ídolos de seus times: o de oferecer mensagens personalizadas de heróis do passado como os jogadores Reinaldo e Éder.

Os torcedores podem selecionar jogadores a partir de um menu e pagar entre 30 e 329 reais por uma mensagem de vídeo que será enviada a um destinatário escolhido. Desde o lançamento do serviço em 21 de dezembro, 30 pessoas já utilizaram o serviço, diz o clube.

Sobhan Daliry, CEO da empresa de tecnologia Polen.me, que desenvolveu a plataforma batizada de Galo Ídolos, disse que o serviço vai permitir que os torcedores desenvolvam uma relação mais pessoal com alguns de seus heróis, já que as redes sociais não permitem esse tipo de engajamento.

"A relação entre jogadores e fãs é muito subexplorada para além da ida dos torcedores ao estádio", disse Daliry à Reuters. "Você os assiste passivamente, na televisão ou no Instagram. Não há emoção ao ler uma publicação de um jogador que você gosta."

Daliry diz que o conceito da Galo Ídolos poderia ser utilizada por outros times e esportes, e que poderia também ser adotada pela indústria de entretenimento para que atores e cantores possam se engajar de maneira mais pessoal com seus fãs.

A iniciativa é o último projeto do clube fora dos campos. O Galo conquistou três títulos expressivos no ano passado, inclusive o Campeonato Brasileiro depois de 50 anos, um triunfo que levou o principal patrocinador do clube a oferecer tatuagens gratuitas do Atlético a mil torcedores.

(Reportagem de Andrew Downie)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos