Atlético-MG tem sua terceira pior campanha como mandante no formato atual do Brasileirão

Ao todo, foram apenas oito vitórias em 19 jogos como em casa no Brasileirão - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


O Atlético-MG venceu o Cuiabá nessa quinta-feira e encerrou a campanha como mandante no Brasileirão. Ao todo, foram oito vitórias, cinco empates, seis derrotas, 29 pontos conquistados e um aproveitamento de 50,8% em seus domínios durante a competição.

Os números evidenciam uma marca negativa para o Galo, que fez sua terceira pior campanha como mandante, desde que o Brasileirão passou a ser disputado no formato atual: em pontos corridos e com 20 equipes, em 2006.

O desempenho de 2022 fica atrás apenas do de 2017, quando foram conquistados 25 pontos em 19 jogos, e de 2010, quando o time alvinegro fez 28 pontos em casa durante todo o campeonato. A nível de comparação, no ano passado, quando foi campeão, o Atlético-MG fez 52 pontos em seus domínios.

No returno, por exemplo, o time comandado por Cuca conqustou apenas três vitórias em casa, contra Fluminense, Juventude e Cuiabá. A campanha decepcionante faz com que a equipe precise pontuar na última rodada, para ir à Libertadores.

Caso não conquiste, pelo menos, o empate, o Galo terá que torcer por tropeços de Athletico-PR, América-MG e/ou Fortaleza. O Alvinegro enfrenta o Corinthians, no próximo domingo, na Neo Química Arena, em São Paulo.