Atlético-MG sofre nova derrota em ação movida por Ricardo Oliveira

Valinor Conteúdo
·1 minuto de leitura


O Atlético-MG perdeu um recurso em que tentava evitar o pagamento de R$ 3 milhões ao atacante Ricardo Oliveira. O Galo sofreu o revés após a desembargadora Camilla Guimarães Pereira Zeidler, do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais, negar o pedido do alvinegro no caso.

O time mineiro terá dificuldades de reverter a situação, pois a decisão em segunda instância , dada pelo Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília, será mantida. O Galo ainda pode entrar com Agravo, um último recurso para evitar a derrota em definitivo.

O Galo queria que o processo na Justiça do Trabalho fosse extinto, pois alega que o contrato entre as partes previa a Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), órgão ligado à CBF, como esfera para examinar discordâncias.