Atlético-MG será novamente julgado por sinalizadores na torcida

Torcedores atleticanos ascenderam sinalizadores durante o jogo contra o Corinthians, pela última rodada do Brasileirão - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


Durante a partida contra o Corinthians, no último domingo, a torcida do Atlético-MG novamente ascendeu sinalizadores nas arquibancadas. A prática, no entanto, é proibida no futebol brasileiro, foi relatada em súmula, e o Galo, portanto, será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

- Aos 39 minutos do segundo tempo a partida foi paralisada, pois sinalizadores foram acesos por torcedores da equipe visitante. Foi solicitado ao delegado da partida que informasse no sistema de som e telão do estádio que os mesmos deveriam ser apagados, após três minutos o jogo teve seu reinício - relatou o árbitro Bráulio da Silva Machado (SC), na súmula do jogo.

Vale lembrar que o time mineiro já foi julgado e multado em R$ 5,2 mil pelo uso do artefato na partida contra o Palmeiras, no dia 28 de setembro. O fato se repetiu no jogo contra o Fluminense, mas, nessa oportunidade, o Atlético-MG foi somente advertido.

Nas redes sociais e nas partidas como mandante, o Galo faz campanhas de conscientização para a não realização de práticas que possam prejudicá-lo. Vale ressaltar que, em um novo julgamento, o clube deve ter o agravante de reincidência.