Atlético-MG recebe o Tupi para tentar voltar ao topo do Mineiro

RADAR/LANCE
Galo da capital perdeu a liderança provisória com a vitória do Cruzeiro sobre o América-MG

O duelo de Galos fechará a sétima rodada do Campeonato Mineiro. Nesta noite de segunda-feira, o Atlético-MG recebe o Tupi no estádio Independência e precisa fazer o dever de casa para recuperar a liderança do estadual.

Após os jogos do final de semana, o Galo da capital iniciou a semana em segundo lugar. Isso aconteceu porque o rival Cruzeiro venceu o clássico contra o América-MG por 1 a 0 e assumiu a liderança provisória. Por isso, a equipe de Roger Machado, que tem 18 pontos, terá que superar a o time de Juiz de Fora para voltar ao topo.

Para o confronto, a principal novidade no time da casa será a presença do atacante Luan. O menino maluquinho está recuperado das dores no joelho direito e vai começar a partida no banco de reservas. A baixa da vez será o zagueiro Leonardo Silva, poupado por causa de um incômodo no joelho.

- Treino forte para quando voltar eu estar bem fisicamente. No dia a dia estou conhecendo mais o trabalho do Roger, do que ele gosta. Mas nunca vou deixar de fazer minhas maluquices sem campo - brincou Luan.

Um triunfo diante do Galo Carijó também representará uma marca histórica para o Atlético. Se vencer, a equipe de BH irá alcançar sua 100ª vitória no Horto desde que o estádio foi reinaugurado, em abril de 2012.

No Tupi, a preocupação do técnico Aílton é com a ameaça do rebaixamento. Atualmente com cinco pontos, a equipe de Juiz de Fora está a apenas dois pontos do Z-2 e é acompanhada de perto dos últimos times da tabela. O Galo Carijó chega a Belo Horizonte para tentar colocar pelo menos um ponto na bagagem e ganhar confiança para os próximos confrontos.

ATLÉTICO-MG X TUPI


Motivo: 4ª rodada, Campeonato Mineiro 2017
Data/Hora: 13/03/2017, às 20h
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Felipe Fernandes Lima (MG)
Assistentes: Guilherme dias Camilo e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (ambos de MG)

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Danilo, Otero e Robinho; Fred. Técnico: Roger Machado.

TUPI: Paulo Henrique, Lucas, Elivelton, Edmário e Bruno Santos; Marcel, Bonilha, Bruno Paiva e Ruan Teles; Jajá e Caça-Rato. Técnico: Aílton.





















E MAIS: