Atlético-MG pede à FMF afastamento de juiz por 'histórico em jogos do Cruzeiro'

RADAR / LANCE!
Em ofício enviado à Federação Mineira de Futebol (FMF), clube pede exclusão de Ricardo Marques Ribeiro do Estadual: 'Ele não tem condições de apitar neste momento'

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro (MG) ficou na berlinda nesta terça-feira. Em comunicado divulgado à imprensa nesta terça-feira, o Atlético-MG anunciou que enviou um ofício à Federação Mineira de Futebol (FMF) para pedir o afastamento do juiz do quadro de arbitragem e também exclui-lo da sequência do Estadual.

Em entrevista ao "Estado de Minas", o diretor jurídico do Galo, Lásaro Cândido da Cunha, questionou a maneira como o árbitro conduziu o empate em 2 a 2 do Cruzeiro com o Uberlândia, na noite de segunda-feira e a postura de Ricardo Marques Ribeiro anteriormente:

- O histórico do senhor Ricardo Marques Ribeiro foi rememorado ontem (segunda-feira). Ele tem um histórico de jogos que envolve o Cruzeiro. Ontem (segunda), ele cometeu erros clássicos, especialmente na marcação de um pênalti absolutamente inexistente, fora outros erros.

O árbitro marcou pênalti de Rogério em Ábila no fim do primeiro tempo, quando o Uberlândia vencia a partida. Segundo o diretor jurídico do Atlético-MG, o clube exigirá a saída de Ricardo Marques Ribeiro da sequência do Campeonato Mineiro:

- Nós requeremos o afastamento dele do Campeonato Mineiro. A comissão, sei lá, vai passar para ele um aperfeiçoamento, uma reciclagem, o que for. Mas ele não tem condição de apitar neste momento, especialmente jogos que envolvem o Cruzeiro







E MAIS: