Atlético-MG empresta Echaporã e define destino de outros jogadores

Echaporã em treino no Atlético-MG - Pedro Souza / Atlético


O Atlético-MG segue com o seu planejamento para a próxima temporada. O time vem definindo o destino de jogadores pouco utilizados no elenco profissional. O atacante Echaporã foi emprestado para o Juventude, Luiz Filipe teve contrato renovado e vínculo de empréstimo estendido com o Goiás, enquanto que Wesley Hudson foi liberado em definitivo, também para a Ju.

Echaporã defenderá a camisa da Juventude até o fim de 2023 por contrato de empréstimo. Diferentemente de Wesley Hudson, que irá para o time gaúcho em forma definitiva. Ambos os jogadores estiveram emprestados pelo Alvinegro em 2022. A informação das negociações foi antecipada pela Rádio Caxias e confirmada pelo L!/Valinor Conteúdo.

Luiz Filipe é cria da base do Galo, e esteve emprestado ao Goiás durante a temporada de 2022. O jogador teve uma ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo, e pouco atuou durante o ano. O Atlético renovou o contrato do atleta de 21 anos até o fim de 2024, e estendeu o vínculo com o Goiás até o fim de 2023. A informação foi antecipada pelo jornalista Paulo Campos e confirmada pelo L!/Valinor Conteúdo.

Tanto Echaporã quanto Luiz Filipe chegaram a ganhar chances no elenco principal do Atlético, mas foram emprestados para ganharem bagagem e tempo de campo. No caso de Wesley Hudson, o Galo manterá parte dos seus direitos pensando em uma futura venda.