Atlético-MG e Vasco ficam no empate sem gols no 'jogo das traves'

David Nascimento
LANCE!
Chará disputa lance com Henrique (Pedro Vale/ Agif/Gazeta Press)

Atlético Vasco

Chará disputa lance com Henrique (Pedro Vale/ Agif/Gazeta Press)

Na noite desta quinta-feira, Atlético-MG e Vasco duelaram no Independência, em Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro. Com equilíbrio, em um duelo bem jogado, o 0 a 0 acabou sendo o resultado final. Empate que favoreceu mais ao Cruz-Maltino do que ao Galo, que estão em lados opostos da tabela - vale lembrar que o time carioca está com dois jogos a menos na competição.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

PRESSÃO DO GALO
Dentro de seus domínios, o Atlético-MG tirou proveito do apoio das arquibancadas para pressionar o Vasco nos minutos iniciais. Principalmente nas investidas de Ricardo Oliveira, que buscava o jogo e preparava lances para os companheiros na busca para o gol.

PIKACHU ACORDA
Apagado nos últimos jogos do Vasco, Yago Pikachu voltou a se movimentar bem diante do Atlético-MG. E foi com o meia que a equipe do interino Valdir Bigode teve a primeira chance de gol. Aos 32 minutos da etapa inicial, bateu bem e a bola passou bem perto do gol de Victor.

VASCO TAMBÉM ACORDA!
Depois de um primeiro tempo sem muita emoção, o cenário do jogo mudou de figura após o intervalo. Esta melhora foi vista principalmente pelo Vasco, que acordou no retorno ao segundo tempo. Logo aos três, a melhor chance de gol até então com Maxi López, em linda finalização, com Victor espalmando a bola que ainda bateu na trave. Aos 12, nova chance de La Barbie, que arriscou de letra e quase abriu o marcador.

GALO REAGE
Após a pressão inicial do Vasco no segundo tempo, o Atlético-MG reagiu. Aos 16, Elias tentou e o goleiro Martin Silva fez boa defesa para evitar o gol. Chará tentou aos 24, mas parou em Luiz Gustavo, em uma das suas melhores partidas pelo Cruz-Maltino, evitando o gol. Ricardo Oliveira também tentara na sequência, mas sem sorte para fazer o gol.

EMOÇÃO ATÉ O FIM!
Enganou-se quem pensava que a partida não teria emoção até o apito final. O Vasco se segurava a todo instante, enquanto o Atlético-MG tentava na força final conquistar a vitória. No último lance, aos 48 minutos, o Galo teve a melhor chance com Ricardo Oliveira, mas a trave evitou o gol e salvou o Vasco. Fim de jogo, sem gols, mas uma partida bem jogada.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 0 X 0 VASCO


Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 23/8/2018 - 20h (de Brasília)
​​Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Renda/público: R$ 381.840,00/22.452 presentes
Cartões amarelos: Matheus Galdezani, Leonardo Silva (CAM) e Martin Silva, Lenon, Wagner, Vinícius Araújo (VAS)

ATLÉTICO-MG: Victor, Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani (Denilson 41'/2ºT), Elias (Tomás Andrade 30'/2ºT), Nathan (Luan 12'/2ºT) e Cazares; Chará e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

VASCO: Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Leandro Desábato e Andrey; Wagner (Vinícius Araújo 20'/2ºT), Raul e Yago Pikachu (Ricardo Graça 47'/2ºT); Maxi López (Andrés Rios 37'/2ºT). Técnico: Valdir Bigode.

2 minutos com Nicola – Dinheiro do Vasco pode acabar?

Leia também