Atlético de Madrid vence Valladolid (2-1) e é campeão espanhol pela 11ª vez

·6 minuto de leitura

O Atlético de Madrid derrotou o Valladolid (2-1) fora de casa neste sábado, na 38ª e última rodadaa de LaLiga, e se sagrou campeão espanhol pela 11ª vez em sua história, ao superar o Real Madrid de Zinédine Zidane na classificação.

Os 'rojiblancos' começaram perdendo com um gol de Óscar Plano no primeiro tempo (18). Mas o time madrilenho conseguiu a virada por meio de Ángel Correa (57) e do uruguaio Luis Suárez (57), tornando inútil o esforço do Real Madrid que venceu o Villarreal também de virada (2-1) nos acréscimos.

Este é o primeiro título de campeão espanhol do Atlético de Madrid desde 2014.

Para os 'merengues', dois pontos atrás na classificação do campeonato, só uma vitória interessava e ainda precisavam torcer por um tropeço do 'Atleti' diante do Valladolid para conquistar o campeonato, o que acabou não acontecendo.

Com este título o Atlético volta a quebrar a hegemonia do Real Madrid e do Barcelona no campeonato espanhol, como havia feito em 2014, quando Diego Simeone conquistou seu primeiro campeonato como treinador do time 'rojiblanco'.

'El Cholo' fecha da melhor maneira uma temporada em que soube transformar sua equipe em um time mais ofensiva em torno de Luis Suárez, o 'presente' dado pelo Barça, sem perder a solidez na parte defensiva.

O atacante uruguaio se emocionou após a conquista e desabafou ao falar da "difícil situação" pela qual passou em sua saída do Barcelona.

"Sinto muitas coisas, é difícil na situação que vivi na temporada passada, na forma como me menosprezaram e o Atlético abriu as portas para que eu mostrasse que continuo bem", disse Luis Suárez à televisão Movistar +.

"É por isso que sempre serei grato a este grande clube por confiar em mim", acrescentou Suarez, em meio às lágrimas.

O astro uruguaio voltou a ser fundamental neste sábado, em um jogo em que a equipe de Simeone se mostrou nervosa e apressada no primeiro tempo diante do Valladolid que está rebaixado para a segunda divisão.

Os 'pucelanos' surpreenderam os 'rojiblancos' com um contra-ataque rápido que terminou com Óscar Plano soltando um disparo colocado diante do qual o goleiro Jan Oblak (18) nada pôde fazer.

Um chute de Luis Suárez desviado por Olivas (32) foi o mais perto do empate que o Atlético conseguiu chegar na primeira etapa, antes de mudar de cara na segunda.

Os rojiblancos foram mais agressivos após o intervalo, pressionando mais perto da área oposta até que Correa ajeitou na frente da área e soltou um disparo indefensável para Masip (57).

O empate não servia ao Valladolid, que se lançou em busca do gol, deixando mais espaço para o Atlético, que alcançaria o gol do trinfo quando um passe errado do time adversário foi dominado por Suárez que avançou livre na direção do gol e mandou para o fundo da rede de Masip (57).

O placar de 2 a 1 tranquilizou o Atlético, que se dedicou a conter o Valladolid e a garantir um resultado que lhe dava o título, sem ter de olhar para o estádio Alfredo Di Stéfano, onde Real Madrid e Villarreal se enfrentavam.

O 'Submarino Amarelo' saiu na frente com um gol de Yeremy Pino (20).

O Real Madrid acordou no segundo tempo, após uma primeira etapa ruim, onde o Villarreal, que acabou ficando sem a vaga na Liga Europa para a próxima temporada, havia dominado os merengues.

- Vitória sem prêmio -

O time de Zinedine Zidane, que teve um gol de empate de Karim Benzema anulado pelo VAR cercaram a baliza defendida pelo argentino Gerónimo Rulli na segunda etapa, até que o atacante francês acertou um chute no ângulo (88).

Nos acréscimos, Luka Modric soltou uma bomba (90 + 2) que deu uma vitória inútil para o sonho dos merengues de conquistar um segundo campeonato espanhol consecutivo.

O Real Madrid fecha assim uma temporada em branco e a dúvida agora é se Zidane vai continuar no comando em seu último ano de contrato.

Mais atrás na tabela o Barcelona venceu o Eibar por 1 a 0 em uma partida sem atrativos, na qual Lionel Messi sequer entrou em campo, com um gol do francês Antoine Griezmann (81).

Na parte de baixo da tabela, a derrota para o Atlético decretou o rebaixamento do Valladolid para a segunda divisão, onde já estava presente o Eibar. Os dois também serão acompanhados pelo Huesca que empatou em 0 a 0 com o Valencia, enquanto o Elche continuará mais um ano na elite do futebol espanhol depois de vencer o Athletic Bilbao por 2 a 0 e deixar a zona de rebaixamento.

--- Jogos da 38ª rodada do Campeonato Espanhol e classificação:

- Sexta-feira:

Levante - Cádiz 2 - 2

- Sábado:

SD Huesca - Valencia 0 - 0

Elche - Athletic Bilbao 2 - 0

Celta Vigo - Betis 2 - 3

Real Madrid - Villarreal 2 - 1

Valladolid - Atlético de Madrid 1 - 2

Osasuna - Real Sociedad 0 - 1

Eibar - Barcelona 0 - 1

- Domingo:

(13h30) Granada - Getafe

(16h00) Sevilla - Alavés

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Atlético de Madrid 86 38 26 8 4 67 25 42

2. Real Madrid 84 38 25 9 4 67 28 39

3. Barcelona 79 38 24 7 7 85 38 47

4. Sevilla 74 37 23 5 9 52 33 19

5. Real Sociedad 62 38 17 11 10 59 38 21

6. Betis 61 38 17 10 11 50 50 0

7. Villarreal 58 38 15 13 10 60 44 16

8. Celta Vigo 53 38 14 11 13 55 57 -2

9. Athletic Bilbao 46 38 11 13 14 46 42 4

10. Granada 45 37 13 6 18 47 65 -18

11. Osasuna 44 38 11 11 16 37 48 -11

12. Cádiz 44 38 11 11 16 36 58 -22

13. Valencia 43 38 10 13 15 50 53 -3

14. Levante 41 38 9 14 15 46 57 -11

15. Alavés 38 37 9 11 17 36 56 -20

16. Getafe 37 37 9 10 18 28 43 -15

17. Elche 36 38 8 12 18 34 55 -21

18. SD Huesca 34 38 7 13 18 34 53 -19

19. Valladolid 31 38 5 16 17 34 57 -23

20. Eibar 30 38 6 12 20 29 52 -23

--- Os últimos dez campeões da Espanha:

2020-2021: Atlético de Madrid

2019-2020: Real Madrid

2018-2019: Barcelona

2017-2018: Barcelona

2016-2017: Real Madrid

2015-2016: Barcelona

2014-2015: Barcelona

2013-2014: Atlético de Madrid

2012-2013: Barcelona

2011-2012: Real Madrid

--- Times com mais títulos na história do Campeonato Espanhol:

34 títulos: Real Madrid

26 títulos: Barcelona

11 títulos: Atlético de Madrid

8 títulos: Athletic Bilbao

6 títulos: Valencia

2 títulos: Real Sociedad

1 título: Deportivo La Coruña, Sevilla, Betis

./bds/gr/pm/pve-ama/av/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos