Atlético de Madrid perde chances, sofre gol no fim e é derrotado em casa

O Atlético de Madrid teve todas as chances de garantir vitória tranquila sobre o Villarreal, em partida do Campeonato Espanhol. “Virando a chave” da Liga dos Campeões, a equipe recebeu a visita do Submarino Amarelo e, após perder muitas oportunidades, acabou perdendo pelo placar de 1 a 0.

O Atlético de Madrid não vence o Villarreal desde abril de 2015. O time do técnico Diego Simeone não conseguiu apresentar um grande futebol e esbarrou na forte retranca imposta pelo time visitante.

Com a derrota, o Atléti estacionou nos 68 pontos, e pode ser ultrapassado pelo Sevilla, quarto colocado e que possui um jogo a menos. Já o Villarreal chegou aos 60 e, na quinta colocação, ainda sonha com uma vaga na Liga dos Campeões.

A 12 jogos sem perder, o Atlético de Madrid entrou em campo vivendo grande momento. A equipe voltou a apresentar grande volume ofensivo, mas esbarrou nas boas defesas do goleiro Andrés Fernández.

Os colchoneros tiveram três grandes chances de abri o placar. Na primeira, Correa aproveitou a bobeira da zaga do Villarreal e finalizou de fora da área, parando em Fernández. Na sequência, Griezmann cruzou na medida para Saúl, mas o meia cabeceou fraco. No último grande lance do primeiro tempo, Koke lançou Griezmann, que driblou o marcador e chutou rasteiro, mas viu, novamente, Fernandéz brilhar.

Na segunda etapa, o Atléti perdeu a melhor chance da partida. Após a bola rebater nos zagueiros do Villarreal, Griezmann apareceu livre e, frente a frente com o goleiro, chutou em cima do arqueiro, desperdiçando a grande chance do jogo.

Enquanto apostava no sistema defensivo, o Villarreal foi presenteado com uma falha do lateral brasileiro Filipe Luis. Aos 35 minutos, o lateral esquerdo dominou errado e a bola sobrou limpa para Bakambu cruzar e Soriano abrir o placar: 1 a 0. Os dois atletas que participaram do lance do gol entraram no segundo tempo, mostrando que o técnico Escribá fez grande leitura da partida.

Com o placar a seu favor, o Villarreal deixou o Atlético de Madrid jogar, sabendo que o adversário encontraria dificuldades para atacar. Sem conseguir finalizar, o Atléti acabou lamentando a derrota por 1 a 0.