De Gea admite que vencer Copa da Inglaterra não é suficiente para o United

EFE

Londres, 2 mai (EFE).- O goleiro David de Gea reconheceu nesta quarta-feira em entrevista à emissora "SkySports" que vencer a Copa da Inglaterra não é o suficiente para o Manchester United.

"Obviamente a Copa da Inglaterra é muito importante, é um bom troféu para ganharmos e daremos tudo para fazê-lo. Mas não é suficiente. Somos o Manchester United e miramos coisas maiores", afirmou o espanhol na entrevista.

Os 'Diabos Vermelhos' enfrentarão o Chelsea no próximo dia 19 de maio na decisão da Copa da Inglaterra, no Estádio Wembley, depois de ter eliminado o Tottenham nas semifinais.

Apesar de poder conquistar o 13º título da competição, se igualando ao Arsenal como o time que mais venceu a Copa da Inglaterra, De Gea avaliou que a temporada do United não foi boa porque a equipe não conseguiu atingir o principal objetivo: voltar a erguer o Campeonato Inglês.

"É por isso que todos estamos aqui, e é o que todos os jogadores e a equipe querem, além de ter um bom desempenho na Liga dos Campeões, mas não fomos capazes de fazê-lo", afirmou o goleiro.

"Temos que melhorar na próxima temporada. Temos que lutar para acabar o próximo Inglês na briga. O Manchester City não será o único desafio. Cinco ou seis equipes vão brigar pela Premier League", afirmou De Gea, citando o título antecipado do rival no torneio.

Os 'Diabos Vermelhos' visitarão nesta sexta-feira o Brighton. Caso vença, o United confirmará a segunda posição do Inglês.

"Queremos ganhar na sexta-feira e confirmar o segundo lugar o mais rápido possível, mas não é o suficiente e não podemos dar nenhuma desculpa. Estamos aqui para vencer títulos. Os torcedores merecem mais e é isso que vamos fazer", concluiu. EFE


Leia também