Atlético de Madrid e Chelsea jogarão na Romênia pela Liga dos Campeões por causa da covid-19

·1 minuto de leitura
Jogadores do Atlético de Madrid celebram gol na partida contra o Celta de Vigo, pelo Campeonato Espanhol

O primeiro jogo pelas oitavas de final da Liga dos Campeões entre o espanhol Atlético de Madrid e o inglês Chelsea, que seria disputado na capital da Espanha, terá como palco a cidade romena de Bucareste por conta das restrições impostas para combater a pandemia de covid-19, anunciou nesta quarta-feira a Uefa.

O duelo "será disputado na Arena Naţională em Bucareste. A data da partida (23 de fevereiro de 2021) e a hora de início (17h00 de Brasília) permanecerão as mesmas", informou a entidade que rege o futebol europeu.

"A equipe inglesa não pode viajar para Madri devido às restrições de entrada na Espanha para voos do Reino Unido", explicou o Atlético de Madrid em nota.

Na terça-feira, o governo espanhol prorrogou as restrições aos voos do Reino Unido, Brasil e África do Sul, que terminariam no dia 16 de fevereiro, até 2 de março.

Só podem entrar na Espanha passageiros com nacionalidade espanhola ou residência na Espanha e Andorra. Uma exceção é para passageiros em trânsito, mas sem poder sair do aeroporto ou ficar mais de 24 horas.

O executivo espanhol tenta evitar a disseminação das variantes do coronavírus detectadas nesses países.

Também por conta dessa medida de combate ao coronavírus, o confronto ida da segunda fase da Liga Europa entre a também espanhola Real Sociedad e o inglês Manchester United será disputada na cidade italiana de Turim, no dia 18 de fevereiro, anunciou na terça o clube espanhol.

gr/psr/lca