Atlético-GO leva empate, mas garante vaga no mata-mata do Goiano

Na tarde deste sábado, no Estádio Jonas Duarte, o Atlético-GO apenas empatou com o Anápolis fora de casa em 1 a 1. Após sair na frente, o Dragão levou o gol de empate poucos minutos depois e não conseguiu recuperar a frente. O resultado classificou o Atlético para a próxima fase do Goiano, mas manteve o time de Goiás longe da liderança do Grupo B do estadual, atrás do Aparecidense.

Apesar de movimentado, o jogo não teve muitos lances de perigo. Logo no segundo minuto do primeiro tempo, depois de boa troca de passes no sistema ofensivo do Atlético, Jorginho mandou para o gol sem muita definição, mas o goleiro Wagner Bueno espalmou mal e quase se complicou.

A resposta do Anápolis veio na sequência. Em jogada alongada pela direita, David tocou para Thiago Cavalcanti próximo a marca do pênalti. O jogador, então, bateu mal, à direita do gol de Klever.

Gol mesmo, só aos 25 da etapa complementar. Após cobrança de escanteio, Roger Carvalho subiu mais alto que a defesa do Anápolis e desviou de cabeça. No caminho, Júnior Viçosa se esticou e balançou as redes com a perna esquerda. 1 a 0 Atlético.

Dez minutos mais tarde, o empate dos donos da casa. Depois de falha defensiva do zagueiro Ricardo Silva, Pedro Henrique aproveitou e mandou para o gol.

Com o placar empatado, a emoção ficou por conta de um torcedor. Aos 40 minutos, o árbitro precisou paralisar a partida pois um homem sobrevoava o estádio em um parapente.

A equipe rubro-negra agora tem 21 pontos, quatro a menos que o líder Aparecidense. O Anápolis, por sua vez, alcançou 13 tentos, mas continuou na zona de rebaixamento pelos critérios de desempate.