Atlético-GO e Cuiabá empatam na partida de ida da 3ª Fase da Copa do Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Na noite desta quinta-feira (21), Antônio Accioly, em Goiânia, em jogo válido pela partida de ida da 3ª fase da Copa do Brasil, Atlético-GO e Cuiabá acabaram empatando pelo placar de 1 a 1. Os gols saíram na etapa complementar. O Dragão abriu o marcador em cabeçada de Edson, aos 25 minutos da etapa final. Também em cobrança de escanteio veio o empate do Dourado. O goleiro Luan Polli bobeou na bola levantada na área, Elton aproveitou e empatou, aos 36 minutos. O jogo de volta será realizado no dia 11 de maio, na Arena Pantanal. Caso ocorra um novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

A partida
PRIMEIRO TEMPO
CUIABÁ FICA MAIS COM A BOLA, ATLÉTICO-GO FINALIZA MAIS
Os primeiros 20 minutos de jogo em Goiânia foram de um jogo muito estudado e de poucas oportunidades de gol. Apesar de ter ficado mais com a bola nesta primeira parte da partida, o Cuiabá praticamente não assustou o goleiro Luan Polli. Já o Atlético-GO chegou a finalizar algumas vezes, mas sem que o goleiro Walter tivesse muito trabalho para efetuar as defesas.

DRAGÃO INSISTE NOS CHUTES DE FORA DA ÁREA; DOURADO APOSTA NO CONTRA-ATAQUE
Com dificuldade de entrar na defesa do Cuiabá, o Atlético-GO continuou insistindo nos chutes de fora da área para tentar ir para o intervalo com a vantagem no placar. Só que as finalizações não levavam perigo ao goleiro Walter, exceção ao chute cruzado de Dudu nos acréscimos da etapa inicial. A bola passou muito perto da trave. Já o Dourado apostou tudo no contra-ataque e teve duas boas chegadas com André, mas o atacante não conseguiu colocar a bola para dentro.


SEGUNDO TEMPO
WALTER SALVA O CUIABÁ
A etapa complementar continuou com os dois times se estudando e com dificuldade em furar as defesas para conseguir chances mais concretas de gol. E já que tocando estava difícil, em cobrança de falta da meia-lua, o Atlético-GO proporcionou o lance mais perigoso da partida até aquele momento. Jorginho encheu o pé em cobrança rasteira, Walter mostrou muito reflexo para fazer uma gigantesca defesa.

DRAGÃO PRESSIONA E ABRE O PLACAR
O lance de perigo animou o Atlético-GO. O clube goiano passou a intensificar ainda mais a pressão e essa busca pelo gol acabou dando muito certo. Em lance de bola parada, o Dragão abriu o marcador.

Aos 25 minutos, em cobrança de escanteio de Jorginho, Edson, muito bem colocado na área e completamente sozinho, cabeceou no canto sem dar a mínima chance para o goleiro Walter: 1 a 0 para o Atlético-GO.

CUIABÁ EMPATA O JOGO
Com o um a zero no placar, o Atlético-GO passou a trabalhar mais a bola e tentar ampliar a vantagem no contra-ataque. O Dragão só não contava com a bobeada do goleiro Luan Polli, aos 36 minutos.

Pepê efetuou uma cobrança de escanteio, Luan Polli saiu muito mal e bola acabou ficando viva dentro da área. O atacante Elton estava atento na jogada e conseguiu aproveitar para colocar a bola para dentro e empatar: 1 a 1.

UMA CHANCE PARA CADA LADO NO FIM DO JOGO
No fim do jogo, cada time ainda teve uma boa oportunidade para fazer o gol da vitória. O Atlético-GO, aos 41 minutos, em um chutaço de Jefferson que carimbou a trave do goleiro Walter. Já a chance do Cuiabá surgiu nos acréscimos em bola levantada na área de Luan Polli, mas Marcão Silva acabou acertando o chute na marcação e desperdiçando a chance de virar o jogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos