Atlético afunda o Barcelona (2-0) e alcança o Real Madrid no Espanhol

·4 minuto de leitura

Três dias depois da dura derrota sofrida em Lisboa na Liga dos Campeões (3-0) para o Benfica, o Barcelona não conseguiu superar sua crise e voltou a perder neste sábado para o Atlético de Madrid (2-0), na 8ª rodada da LaLiga, caindo para o 9º lugar provisório na tabela.

A equipe catalã, em meio aos rumores contínuos sobre uma possível demissão de seu técnico Ronald Koeman, antes da mensagem de apoio ao treinador holandês emitida mais cedo pelo presidente Joan Laporta, perdeu na capital espanhola com gols do francês Thomas Lemar (24) e Luis Suárez (45). Com a vitória, o time 'colchonero' empatou em pontos com o líder Real Madrid, que tem um jogo a menos e enfrenta o Espanyol (15º) neste domingo.

Laporta havia garantido a permanência de Koeman nas próximas semanas, em comunicado à imprensa, em frente ao hotel em que a equipe estava concentrada em Madri, antes de enfrentar o Atlético.

"Ronald Koeman merece uma margem de confiança hoje. Claro que não será seu último jogo, porque ele continuará a ser o treinador do Barça", declarou Joan Laporta.

Mas o técnico holandês, que assistiu a partida na tribuna do Wanda Metropolitano, cumprindo sua segunda e última partida de suspensão, após sua expulsão em Cádiz há quinze dias, parecia tenso enquanto transmitia as instruções por telefone a seu assistente, Alfred Schreuder, que estava à beira do campo.

A imagem do treinador holandês parece refletir a tensão vivida pelo clube inteiro.

Prova disso foi o gesto de raiva de Memphis Depay, a discussão entre os veteranos Sergio Busquets e Gerard Piqué no meio do campo após o primeiro gol de Lemar, e o desentendimento entre Oscar Mingueza e Ronald Araujo depois do 2-0. Essas censas mostraram o mal-estar que envolve o Barça neste momento.

"Não há apenas um problema, são vários. As pessoas percebem e sabem disso. Dá para ver o que nos falta. São tempos difíceis e muitos dos que hoje compõem a equipe nunca passaram por isso", disse Piqué após a partida.

"O ambiente no vestiário é muito bom, todos nós queremos resolver essa situação, mas ela está difícil", acrescentou.

Nas demais partidas, o Valencia, oitavo colocado, à frente do Barcelona, não conseguiu passar do empate sem gols fora de casa com o Cádiz (14º).

Já o Osasuna subiu para o quinto lugar com uma vitória difícil sobre o Rayo Vallecano (6º), graças a um gol nos acréscimos de Manu Sánchez (90 + 1).

Na outra partida do dia, o Mallorca (11º) venceu o Levante (17º) por 1 a 0, com gol de Angel Luis Rodríguez (74).

-- Jogos da 8ª rodada da LaLiga espanhola (horário de Brasília) e classificação:

- Sexta-feira:

Athletic Bilbao - Alavés 1 - 0

- Sábado:

Osasuna - Rayo Vallecano 1 - 0

Mallorca - Levante 1 - 0

Cádiz - Valencia 0 - 0

Atlético de Madrid - Barcelona 2 - 0

- Domingo:

(09h00) Elche - Celta Vigo

(11h15) Espanyol - Real Madrid

(13h30) Getafe - Real Sociedad

Villarreal - Betis

(16h00) Granada - Sevilla

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Real Madrid 17 7 5 2 0 21 8 13

2. Atlético de Madrid 17 8 5 2 1 11 6 5

3. Real Sociedad 16 7 5 1 1 10 6 4

4. Sevilla 14 6 4 2 0 10 2 8

5. Osasuna 14 8 4 2 2 11 11 0

6. Rayo Vallecano 13 8 4 1 3 13 8 5

7. Athletic Bilbao 13 8 3 4 1 7 4 3

8. Valencia 12 8 3 3 2 12 8 4

9. Barcelona 12 7 3 3 1 11 7 4

. Betis 12 7 3 3 1 11 7 4

11. Mallorca 11 8 3 2 3 7 12 -5

12. Villarreal 8 6 1 5 0 6 3 3

13. Celta Vigo 7 7 2 1 4 7 10 -3

14. Cádiz 7 8 1 4 3 7 11 -4

15. Espanyol 6 7 1 3 3 4 7 -3

16. Elche 6 7 1 3 3 4 8 -4

17. Levante 4 8 0 4 4 6 13 -7

18. Granada 3 7 0 3 4 5 12 -7

19. Alavés 3 7 1 0 6 2 12 -10

20. Getafe 0 7 0 0 7 2 12 -10

bds/psr/gh/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos