Atlético-GO é mais eficiente, supera o Sport em Recife e deixa o Z4

Futebol Latino
·3 minuto de leitura
PE - Recife - 23/11/2020 - BRASILEIRO A 2020, SPORT X ATLETICO-GO - Janderson jogador do Atletico-GO comemora seu gol durante partida contra o Sport no estadio Ilha do Retiro pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Rafael Vieira/AGIF
PE - Recife - 23/11/2020 - BRASILEIRO A 2020, SPORT X ATLETICO-GO - Janderson jogador do Atletico-GO comemora seu gol durante partida contra o Sport no estadio Ilha do Retiro pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Rafael Vieira/AGIF

Não foi das partidas mais empolgantes na atual edição do Campeonato Brasileiro, mas o Atlético-GO obteve uma vitória importante diante do Sport por 1 a 0 nessa segunda-feira (23) jogando na Ilha do Retiro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Com o gol de Janderson, o Atlético ascendeu para a 12ª colocação com 27 unidades enquanto o Rubro-Negro da Praça da Bandeira se reaproxima perigosamente da zona de rebaixamento tendo, agora, 25 pontos, somente um a mais do que o 17° e primeiro ocupante do Z4, o Vasco.

Leia também:

DRAGÃO MAIS CONTUNDENTE

A divisão da partida na primeira metade do confronto se demonstrou com o panorama onde o Sport até tinha mais velocidade para tentar as finalizações, porém sem conseguir aprimorar o suficiente a pontaria visando forçar o trabalho de Jean.

Por outro lado, a equipe goiana tinha por mais tempo a bola nos pés e presença ofensiva não apenas mais constante como também mais eficiente no sentido de assustar Luan Polli. Através de lance que exploraram a bola aérea, o Atlético levou perigo tanto no chute de Willian Maranhão defendido por Luan Polli como na testada firme de Gilvan (a bola passou perto da trave esquerda do Sport) e em cabeçada de Zé Roberto que ia no canto oposto de Polli que defendeu bem.

ESTOCADA PRECISA

Na volta do intervalo, o confronto tinha o Sport se fazendo bem mais presente no plano ofensivo, porém seguindo com o problema da conversão em sua movimentação em finalizações mais agudas. Dentro desse contexto, foi usando o recurso do contra-ataque que o time de Goiânia conseguiu abrir a contagem na Ilha do Retiro onde Zé Roberto recebeu a bola ainda no plano defensivo, foi carregando e serviu na hora certa Janderson que bateu cruzado, de perna esquerda, por baixo de Luan Polli.

TENTOU (SEM SUCESSO) O 'ABAFA'

Desde a entrada de nomes como Marquinhos e posteriormente as incursões de Lucas Venuto e Bruninho, a prioridade de Jair Ventura parecia claramente "destravar" o ataque do Leão que tinha sérias dificuldades na troca de posições onde mais opções apareceriam aos responsáveis pelo sistema criativo. Porém, a noite do time pernambucano efetivamente era de pouca inspiração, ameaçando pouco a meta do Atlético-GO onde um pênalti chegou a ser marcado já nos acréscimos de Gilvan em Hernane, mas a revisão no VAR fez com que a arbitragem de Edina Alves Batista anulasse a marcação.

O Dragão ainda poderia ter deixado sua vantagem parcial ainda mais confortável se Gilvan e Danilo Gomes tivessem tido maior tranquilidade e precisão nas suas finalizações. Porém, nada que interferisse diretamente na conquista de três importantes pontos no apito final.

FICHA TÉCNICA
SPORT 0 x 1 ATLÉTICO-GO​

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data e hora: 23/11/2020 - 20h
​Árbitros: Edina Alves Batista
Assistentes: Neuza Inês Back e Daniel Paulo Ziolli
VAR: José Claudio Rocha Filho
Cartões amarelos: Sander (SPO); João Victor, Chico e Ferrareis (ACG)
Cartões vermelhos: -
Gols: Janderson (15'/2°T)

SPORT: Luan Polli; Patric, Maidana, Adryelson e Sander; Márcio Araújo (Bruninho, aos 28'/2°T), Thiago Neves (Júnior Tavares, aos 45'/2°T), Leandro Barcia (Lucas Venuto, aos 28'/2°T), Lucas Mugni e Jonatan Gómez (Marquinhos, no intervalo); Mikael (Hernane, aos 28'/2°T). Técnico: Ricardo Henriques.

ATLÉTICO-GO: Jean; Dudu, João Victor, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Chico (Pereira, aos 24'/2°T) e Matheus Vargas (Rithely, aos 41'/2°T); Janderson (Arnaldo, aos 44'/2°T) Zé Roberto (Júnior Brandão, aos 24'/2°T) e Ferrareis (Danilo Gomes, aos 25'/2°T). Técnico: Marcelo Cabo.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos