Ativista contra o racismo, Colin Kaepernick ganha série na Netflix


A Netflix resolveu contar a história de vida do ex-quarterback do San Francisco 49ers, da NFL, Colin Kaepernick, através da série 'Colin in Black and White', que terá seis episódios e abordará a adolescência do atleta que se tornou símbolo da luta contra o racismo após se ajoelhar durante o hino nacional dos Estados Unidos em uma partida de futebol americano.

Desde a pré-temporada de 2016, Kaepernick resolveu usar o momento do hino nacional antes da partida para fazer um protesto contra a “opressão contra pessoas negras e pessoas de cor”, nas palavras dele. O protesto deu uma nova visibilidade ao jogador no momento. e sua camisa rapidamente voltou a se tornar uma das mais vendidas da liga, enquanto seu nome voltou a ser falado em discussões entre torcedores.

O protesto rendeu ao jogador inclusive a capa da famosa revista Time. No entanto, em 2017, o quarterback ficou sem uma equipe para atuar e nunca mais foi contratado por nenhuma equipe, tendo, inclusive, entrado com um processo na justiça contra os proprietários de equipes da NFL alegando que estava sofrendo um boicote.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também