Atividade física e boa alimentação no combate a diabetes

Atividades físicas são aliadas na prevenção de doenças (Foto: Pexels)


Segundo um levantamento realizado pela Federação Internacional de Diabetes, o número de brasileiros diabéticos no Brasil chegou a 16,8 milhões, representando 7% da população. De acordo com o levantamento, a doença levou à morte 214 mil brasileiros, em 2021.

Para diminuir os riscos de desenvolver a doença, alguns cuidados com a alimentação e uma rotina de prática esportiva, são fundamentais. Sobre isso, o endocrinologista Aloísio Vargas fala sobre a importância de ter uma vida saudável.

“O desenvolvimento do diabetes na saúde das pessoas está, em sua maioria, ligado ao estilo de vida que elas seguem. Muitas pessoas se preocupam somente com o trabalho e diversão aos finais de semana. Contudo, se sua saúde não estiver em dia, todas essas tarefas serão impactadas no futuro”, alertou o médico.

Segundo ele, embora exista o fator genético para o surgimento do diabetes em algumas pessoas, consumir produtos industrializados ou aqueles ricos em açúcar, sejam eles naturais ou não, aumenta a incidência para o surgimento do problema.

“Algumas pessoas não se preocupam em comer quatro pães no café da manhã, um lanche na hora do almoço, um salgadinho à tarde e uma pizza à noite. Essa é a rotina alimentar de muitos brasileiros. Isso se repete em vários lugares do mundo e esse comportamento explica o aumento em 16% no número internacional de pessoas com a doença nos últimos dois anos”, explicou.

De acordo com ele, para mudar esse cenário é necessário mudar os hábitos das pessoas e investir tempo em exercícios físicos.

“Para mudar o rumo deste ‘barco’ é necessário mudar a maneira das pessoas enxergarem a vida. Muitos renunciam diversas coisas para ir comer um lanche, passear com a rapaziada, acordar mais tarde, mas não abrem mão das coisas para ter uma vida melhor. É necessário gerenciar melhor o tempo e a saúde. O melhor remédio para as doenças é a prevenção”, completou.