Athletico abre vantagem, mas cede empate ao River nos minutos finais

LANCE!
·2 minuto de leitura
CURITIBA, BRAZIL - NOVEMBER 24: Paulo Diaz of River Plate scores the first goal of his team during a round of sixteen first leg match between Athletico Paranaense and River Plate at Arena da Baixada on November 24, 2020 in Curitiba, Brazil. (Photo by Rodolfo Buhrer -Pool/Getty Images)
CURITIBA, BRAZIL - NOVEMBER 24: Paulo Diaz of River Plate scores the first goal of his team during a round of sixteen first leg match between Athletico Paranaense and River Plate at Arena da Baixada on November 24, 2020 in Curitiba, Brazil. (Photo by Rodolfo Buhrer -Pool/Getty Images)

Na Arena da Baixada, Athletico e River Plate protagonizaram um jogo movimentado, que terminou empatado por 1 a 1. Agora, quem vencer fica com a vaga. Empate sem gols dá Millonarios. Se a igualdade for de dois gols para cima, o Furacão avança. Se o empate por um gol se repetir, a vaga será definida nos pênaltis.

A partida da volta entre Athletico e River Plate será na próxima terça-feira, em Avellaneda

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O jogo

Apesar de ser o visitante da partida, o River Plate teve o domínio do confronto. Com volume no campo ofensivo, o time de Gallardo envolvia o Furacão, mas faltava capricho na hora de concluir.

Leia também:

Melhor em campo, o Millonarios criou duas boas oportunidades. A primeira com Suárez, que driblou o zagueiro e bateu firme. Bem colocado, Bento pegou. Depois, na cobrança de escanteio, Paulo Díaz cabeceou e o goleiro do Athletico fez ótima defesa.

Na etapa final o Furacão voltou com alterações. Autuori mexeu no ataque e promoveu as entradas de Bissoli e Walter. Na primeira vez que a dupla trabalhou, Bissoli dominou na entrada da área e bateu no canto. Sem chances para Armani.

Com a necessidade de buscar o resultado, o River Plate se abriu e foi atrás do empate, mas não conseguia assustar de fato. Bem fechado, o Furacão não tinha trabalho.

No abafa, o River Plate finalmente criou. Após cruzamento da esquerda, Suárez disparou um canhão e Thiago Heleno evitou o gol ao afastar de cabeça.

Se no chão estava difícil, o jeito do time argentino chegar foi apostar na bola aérea. Primeiro, Matías Suárez cabeceou e viu a bola explodir no travessão. Nos minutos finais, Paulo Díaz testou firme e acertou o ângulo para deixar tudo igual.

ATHLETICO 1 X 1 RIVER PLATE
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 24/11/2020 – 19h15
Árbitro: Andres Rojas (COL)
Auxiliares: Alexander Guzman (COL) e Dionisio Ruiz (COL)
VAR: Nicolas Gallo (COL)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Léo Cittadini, Carlos Eduardo, Reinaldo (CAP), Julián Álvarez (RIV)
Cartões vermelhos: –
Gols: Bissoli (12’/2ºT) Paulo Díaz (44’/2ºT)

ATHLETICO: Bento; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor (Aguillar, aos 29/2ºT); Wellington, Richard (Lucho González, aos 34/2ºT) e Léo Cittadini; Reinaldo, Carlos Eduardo (Walter, ao 0/2ºT) e Renato Kayzer (Bissoli, ao 0/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Paulo Díaz, Pinola e Casco (Lucas Pratto, aos 28/2ºT); Ignácio Fernández, Sosa, Enzo Pérez e De La Cruz (Carrascal, aos 14/2ºT); Borré e Matías Suárez. Técnico: Marcelo Gallardo.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos