Ataque do São Paulo pode atingir marca negativa depois de dois anos

·1 minuto de leitura


O São Paulo vem de uma seca de gols na temporada. Após vencer o Atlético-GO, por 2 a 1, no último dia 19 de setembro e até aqui não marcou mais. São dois jogos sem tentos: os empates sem gols diante de América-MG e Atlético-MG, ambos no Morumbi.

Se não balançar as redes contra a Chapecoense, lanterna do campeonato, na Arena Condá, o Tricolor atingirá três jogos seguidos sem marcar, o que não acontece desde a temporada de 2019, sob o comando do técnico Cuca.

Na ocasião, o São Paulo teve de duas derrotas (2 a 0 contra o Vasco e 1 a 0 diante do Internacional) e um empate (0 a 0 com o Grêmio). Nessas partidas, foram dois jogos fora de casa (Vasco e Inter) e um casa (Grêmio).

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Com o ataque produzindo pouco, o time tem apenas 18 gols marcados nas primeiras 22 partidas disputadas. Com isso, a média de gols por partida da equipe é menor do que um gol por jogo, sendo de 0,78 gol por jogo. O mesmo se aplica aos artilheiros do time no campeonato, que têm números ruins.

O Tricolor não tem nenhum jogador em destaque na artilharia, com gols bem divididos entre os atletas. Os dois artilheiros da equipe no Brasileirão são Rigoni e Pablo, ambos com apenas três gols marcados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos