Ataque esvaziado pode levar Júnior Moraes a ter nova chance no Corinthians


Sem três opções no ataque para a estreia do Campeonato Paulista, o Corinthians pode ter a volta de Júnior Moraes. Contratado em março do ano passado, o atacante ainda não se firmou com a camisa corintiana e não joga desde agosto de 2022.

As constantes lesões sofridas pelo jogador foram cruciais para a falta de uma sequência no time. Foram três no total. A primeira, bem rápida, na região lombar, em abril, precisou apenas de cinco dias de tratamento. Já a segunda, no tornozelo esquerdo, em julho, teve a recuperação mais demorada: 23 dias. Por fim, no dia 20 de agosto, Júnior passou a ter dores no joelho direito que interromperam o restante da sua temporada passada.

+ Emerson Shake vence Emerson Jake em duelo que parou a internet; veja os memes

+ Confira o mercado da bola no vaivém do LANCE!

O último jogo que Moraes atuou aconteceu três dias antes da lesão, em 17 de agosto. Na ocasião, o atacante entrou faltando seis minutos para encerrar o duelo contra o Atlético-GO, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, na Neo Química Arena. Ainda assim, o centroavante havia jogado mais de um mês antes, no que foi a última apresentação dele como titular. O compromisso foi no dia 2 de julho, jogo em que o Corinthians foi goleado por 4 a 0 pelo Fluminense, no Maracanã, pelo Brasileirão. Com escalação reserva, o então técnico Vítor Pereira abriu mão do duelo pela competição nacional, pois teria um jogo decisivo pela Libertadores três dias depois.

Fluminense x Corinthians - Manoel e Júnior Moraes
Fluminense x Corinthians - Manoel e Júnior Moraes

Júnior Moraes (fundo) divide bola com Manoel (frente) no último jogo que fez como titular, há seis meses (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

Aos 35 anos, Júnior Moraes é um dos atletas mais velhos do elenco corintiano. Assim, o segundo semestre do ano passado para ele foi praticamente para recondicionamento físico. Agora, o atacante pode buscar uma ‘virada de chave’ com a camisa corintiana, e também no futebol brasileiro. Ídolo na Ucrânia, país onde, inclusive, é naturalizado, Moraes ainda não tem grandes feitos no Brasil. Mesmo tendo marcado o gol do título do Santos no Paulistão de 2007, o atleta ficou pouco tempo no Peixe, teve rápidos empréstimos para Ponte Preta e Santo André e depois migrou para a Europa, onde ficou mais de 10 anos, passando pela Romênia, Bulgária e Ucrânia - com um pequeno hiato para jogar na Ásia, atuando no futebol chinês por alguns meses, em 2017.

Junior Moraes - Santos
Junior Moraes - Santos

Júnior Moraes despontou para o futebol com gol do título paulista pelo Santos, marcado em 2007, quando o atleta tinha apenas 20 anos (Foto: Divulgação/Santos)

Júnior tem contrato com o Timão até o fim do ano. A tendência é que o vínculo não seja renovado, independentemente da mudança de gestão que é programada para o ano que vem. A idade avançada, o excesso de problemas físicos e o pouco apresentado com a camisa alvinegra até aqui pesam para que muito possivelmente essa seja a última temporada do atacante pelo clube do Parque São Jorge. Inclusive, a diretoria corintiana procurou alternativas para o atleta nesta janela de transferências, mas não encontrou interessados.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os jogos da competição estadual

Estando no elenco, Júnior então será utilizado. E uma grande chance de mostrar serviço poderá ser neste fim de semana. Adson carrega uma suspensão do ano passado, Romero até teve o seu nome publicado no BID da CBF, mas as documentações internacionais não chegaram a tempo de o paraguaio ser inscrito no Paulistão. Yuri Alberto está com dores em um dos tornozelos. Existe a chance de Róger Guedes atuar como centroavante, mas isso abriria espaço para um ponta que neste momento não se encontra no elenco. Até os atletas de base, que foram inscritos na lista B do Timão na Copinha, não estão à disposição, pois disputam a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Assim, há chances relativas de Moraes ser a grande surpresa da primeira escalação de Fernando Lázaro no comando efetivo do Corinthians.

A exceção seria uma formação com meio-campo preenchido por três volantes, com a entrada de Du Queiroz, fazendo a trinca com Fausto Vera e Maycon. Essa chance, no entanto, é bastante remota.

A decisão final será tomada neste sábado (14), véspera do confronto diante do Massa Bruta. Na parte da tarde, o elenco corintiano fará o último treinamento visando a partida, que será realizada no domingo (15), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Uma possível escalação inicial do Corinthians contra o Braga pode ter: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Fausto Vera, Maycon e Renato Augusto; Giuliano, Júnior Moraes (Du Queiroz) e Róger Guedes.