Ataque da Seleção Brasileira na fase de grupos é o pior desde a Copa do Mundo de 1978

Seleção anotou apenas três gols na primeira fase (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


A Seleção Brasileira encerrou sua participação na fase de grupos da Copa do Mundo do Qatar com apenas três gols marcados, com o pior desempenho ofensivo na fase inicial desde a edição de 1978, quando a Amarelinha balançou as redes em duas oportunidades na Argentina.

+ Veja a tabela da Copa do Mundo 2022

Nas três primeiras partidas do Mundial no Qatar, o Brasil marcou dois gols contra a Sérvia e um diante da Suíça, e passou em branco na derrota contra Camarões nesta sexta-feira. O desempenho ofensivo da Seleção em 2022 se igualou ao da Copa de 1974, quando a Amarelinha empatou duas vezes por 0 a 0 contra Escócia e Iugoslávia, mas venceu Zaire por 3 a 0.

Foi a primeira derrota da Seleção Brasileira em um jogo de fase de grupos desde a Copa do Mundo de 1998, quando foi derrotada por 2 a 1 contra a Noruega. Com este resultado, nenhuma seleção classificada ao mata-mata do Mundial do Qatar conseguiu vencer os três jogos iniciais e fechar a primeira fase com 100% de aproveitamento.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Apesar do revés contra Camarões, o Brasil encerrou o Grupo G na primeira posição com seis pontos. Nas oitavas de final, a Seleção pentacampeã do mundo encara a Coreia do Sul, na próxima segunda-feira às 16h (de Brasília).