Ataque ao ônibus do Dortmund deixa um ferido e jogo da Champions League é adiado

Explosão atingiu o ônibus do Borussia Dortmund a 10 quilômetros do Signal Iduna Park. Fato acarreta no cancelamento do jogo válido pela Champions

O Borussia Dortmund informou, na tarde desta terça-feira (11), que houve uma explosão em seu ônibus no caminho para o Signal Iduna Park, onde enfrentaria o Monaco, pelo jogo de ida das quartas de final da UEFA Champions League. O zagueiro Marc Batra ficou ferido. Ele foi a um hospital com cortes nos braços. O duelo foi adiado para esta quarta-feira (12), às 13h45 (de Brasília).

O clube desejou melhoras ao defensor que surgiu com as cores do Barcelona: "Na explosão, Marc Bartra ficou ferido e, agora, recebe atendimento no hospital. Boa e rápida recuperação, Marc!", escreveu.

O fato ocorreu na estrada de Wittbräucker, a apenas 10 quilômetros do estádio, de acordo com o jornal Bild, da Alemanha. A Polícia local confirma a localização.

Segundo a publicação alemã, os explosivos foram atirados fora do veículo. A polícia ainda investiga a situação.

Com este problema, o jogo foi cancelado. A decisão foi um consenso de UEFA, autoridades locais e clubes. A situação foi definida às 15h30 (de Brasília) desta terça-feira (11). As entradas adquiridas para o duelo poderão ser usadas na próxima data.

A Polícia alemã informou que houve três explosões no local e divulgou um comunicado explicando o ocorrido: "Pouco depois de 19h se registrou uma explosão perto do ônibus do Borussia Dortmund. Segundo as informações que tivemos, as rodas do veículo explodiram e uma pessoa ficou ferida. Todavia, não se pode determinar com exatidão o que provocou o incidente".

Os torcedores do Monaco presentes no estádio prestaram uma homenagem ao adversário, cantando o seu nome. O fato fez com que o clube alemão agradecesse o apoio dos franceses: "Obrigado por sua paciência, entendimento e os gritos de "Dortmund, Dortmund", queridos torcedores do Monaco", escreveu o time alemão em seu perfil no Twitter.