Números de trio da Sérvia superam os de atacantes do Brasil em 2022


A Seleção Brasileira vai enfrentar a Sérvia na estreia da Copa do Mundo Qatar 2022 com uma formação bastante ofensiva. Vini Jr foi o escolhido por Tite para formar o quarteto ofensivo com Raphinha, Richarlison e Neymar. A ousada escalação caiu nas graças dos brasileiros, mas inspira cuidados, já que o adversário tem um grande poder de fogo, que obrigará atenção redobrada do setor defensivo.

A Sérvia joga com dois centroavantes que conhecem muito bem o caminho do gol. Mitrovic costuma ser escalado como referência, enquanto Vlahovic possui mais liberdade de movimentação. No entanto, em seus clubes, Fulham, da Inglaterra, e Juventus, da Itália, ambos jogam como homens de área. Juntos marcaram 59 gols em 2022. O número aumenta para 69, se contarmos com o reserva imediato Luka Jovic, da Fiorentina, que soma 10 bolas na rede esse ano.

+ OPINIÃO: É impossível ignorar Vini Jr, mas Tite precisa ter equilíbrio na escalação da Seleção

A quantidade de gols impressiona ainda mais quando comparamos com os atacantes do Brasil chamados por Tite para jogar no comando de ataque: Richarlison, Gabriel Jesus e Pedro juntos, somam 68 bolas na rede, sendo que 30 foram marcados pelo atleta do Flamengo, único dentre os citados que não joga na Europa.

Brasil e Sérvia estreiam na Copa do Mundo nesta quinta-feira, às 16h (horário de Brasília), pela primeira rodada do Grupo G. Pelo poder de fogo de ambas as seleções, a expectativa é por um jogo recheado de muitos gols.

CENTROAVANTES DA SÉRVIA EM 2022 - 69 gols

Mitrovic: 39 gols - 33 pelo Fulham / 6 pela Sérvia;

Vlavohic: 20 gols - 16 pela Juventus e 2 pela Fiorentina / 2 pela Sérvia

Jovic: 10 gols - 7 pela Fiorentina / 3 pela Sérvia

+ Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo Qatar 2022

CENTROAVANTES DO BRASIL EM 2022 - 68 gols

Pedro: 30 gols - 29 pelo Flamengo / 1 pelo Brasil

Gabriel Jesus: 21 gols - 12 pelo Arsenal e 8 pelo Manchester City / 1 pelo Brasil

Richarlison: 17 gols - 2 pelo Tottenham e 8 pelo Everton / 7 pelo Brasil