Atacante segue com a confiança de Zé Ricardo mesmo após queda de desempenho

Fábio Utz Iasnogrodski
90min

​Desde que chegou ao ​Botafogo, Erik se mostrou um jogador diferente, tanto que precisou de poucos jogos para recuperar o futebol dos tempos de Goiás. Porém, nos últimos dois compromissos pelo Campeonato Brasileiro - empates com São Paulo e Vasco, ambos no Nilton Santos -, teve uma queda importante de desempenho. E esta visão não é apenas de quem acompanha a equipe apenas das arquibancadas.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!



Depois do 1 a 1 no clássico carioca, o próprio técnico Zé Ricardo falou sobre isso, mesmo que deixe claro que o atleta seque altamente prestigiado. “Ele é um jogador que se movimenta bastante e dá muita opção. Então não é nada específico. Ele está se sentindo bem, tem muito comprometimento e daqui a pouco volta a ter boas atuações novamente”, destacou o comandante.


A expectativa interna é de que Erik já reencontre o bom futebol na próxima segunda-feira, quando o Fogão visita o Ceará pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que, inicialmente, tentou-se fazer com que o atleta atuasse pelos lados do campo com funções defensivas. Como apresentou dificuldades, foi deslocado para atuar com maior liberdade na frente, ao lado de Kieza. Na Copa Sul-Americana, quando não pôde atuar, ele deu lugar a Rodrigo Pimpão, que, com boas atuações, deixou claro que tem condições, ao menos, de brigar por posição. Em resumo: é preciso retomar o padrão anterior. Do contrário, a ameaça de perder lugar na equipe pode se tornar real logo ali na frente, afinal, o clube precisa de resultados imediatos para deixar para trás qualquer ameaça de rebaixamento.


Leia também