Atacante do Corinthians, Róger Guedes se diz privilegiado fisicamente e mais paciente

·2 min de leitura


Titular em todos os jogos desde que chegou ao Corinthians, tendo sido substituído apenas uma vez, o atacante Róger Guedes, autor do gol da vitória corintiana por 1 a 0 contra a Chapecoense, na última segunda-feira (1º), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, se considera privilegiado geneticamente, mas também trabalha bastante para manter a forma.

O atleta trouxe para São Paulo um preparador físico particular e faz atividades em dois períodos.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos
>> Baixe o app de resultados do L!

- Eu acho que isso da parte física a minha genética é muito boa, como eu trouxe o meu personal para São Paulo tá ajudando, treino de manhã no Corinthians e tenho um trabalho a parte com ele a tarde e isso tem me ajudado a aguentar os jogos - disse em entrevista ao SporTV, após o triunfo contra a Chape.

Outro fator em que Róger considera ter evoluído foi a psicológica. O atacante rechaçou rótulos de "bad boy", mas acredita que as três temporadas em que atuou no futebol chinês, pelo Shandong, o tornou mais paciente.

- Eu sempre falo, a China me fez muito bem, mentalidade, mudei bastante, comecei a ter mais paciência. Lógico, as vezes criaram uma imagem minha na época de Palmeiras, todo mundo que me conhece sabe que sou um moleque do bem, moleque com maturidade, que tento ajudar o próximo, isso que eu sou, alegre todos os dias e tento motivar todo mundo - afirmou Róger Guedes.

O camisa 123 do Corinthians ficou nove meses sem disputar uma partida oficial, entre dezembro do ano passado e setembro deste ano, pois não conseguiu retornar a China, após passar o fim de ano no Brasil, por conta das restrições referentes a pandemia do novo coronavírus. Ainda assim, o atacante seguiu se condicionamento neste período, de modo que demorou dias entre a apresentação e a estreia, como titular, jogando os 90 minutos e marcando gol, contra o Juventude, no dia 7 de setembro.

E dos 11 jogos disputados até aqui, Róger só foi substituído em um, a vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, em Itaquera, no último dia 5 de outubro, pela 24ª do Brasileirão. Na ocasião, o jogador atuou 82 minutos, quando, aos 37 do segundo tempo deu lugar a Adson.

Além da boa forma física e do equilíbrio emocional, Róger Guedes tem correspondido com bolas na redes. Já são cinco gols marcados, uma média de quase um gol a cada dois jogos. O atacante já é o vice-artilheiro corintiano no Brasileirão, atrás apenas de Jô, que foi às redes seis vezes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos