Atacante do Braga não hesita ao falar sobre rivais na tabela: 'Temos que torcer contra mesmo'

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Oito pontos separam hoje o Bragantino, nono colocado com 48 pontos, do primeiro time que está dentro da zona de classificação a Pré-Libertadores (Grêmio) região objetivada pelo Massa Bruta na reta final do Campeonato Brasileiro.

>Os jogos que restam para o Bragantino buscar a Pré-Libertadores

E, se o time do interior paulista não conseguiu vencer seu compromisso na rodada, empatando em 1 a 1 com o Flamengo, o atacante Ytalo não tem dúvidas de que torcer por tropeço dos rivais diretos é mais do que somente uma possibilidade, mas sim uma necessidade:

- Isso é do futebol. Eles têm jogos a menos, temos que torcer contra mesmo. Espero que dê tudo certo e cheguemos na última rodada com chances de se classificar para a Libertadores - falou ao portal 'ge'.

Para que o objetivo esteja em um nível mais palpável de ser alcançado, o jogador de 33 anos de idade entende que o mais importante é construir uma campanha (e também contar com uma combinação de resultados) para que, na última rodada contra o Grêmio, o time dependa só de si querendo carimbar espaço na principal competição continental:

- Desejo que, quando chegar esse jogo contra o Grêmio, estejamos precisando de uma vitória para poder entrar na Libertadores. Temos que primeiro fazer a nossa parte para depois torcer contra. É melhor a gente tentar vencer as duas partidas, que serão difíceis, pois são duas equipes (Sport e Goiás) que estão lutando para sair da parte debaixo.

O próximo confronto para manter vivo o sonho de Libertadores será somente na segunda-feira (15) quando o Massa Bruta visita na cidade de Recife o Sport às 20h (de Brasília).