Atacante é dispensado de clube após ameaçar companheiro de morte

LANCE!
·1 minuto de leitura


Uma situação bastante delicada aconteceu com o time do Ferroviário. O atacante Wesley foi demitido depois de ameaçar de morte um companheiro de clube. A informação foi revelada pelo treinador, Marcelo Vilar, durante entrevista.

– O Wesley aconteceu um problema muito sério com ele [e] com outro atleta. Ele ameaçou até de morte o outro atleta. Então não podia continuar um jogador com uma situação dessa dentro do elenco – disse.

Wesley já tinha um histórico de mau comportamento, mas mesmo assim o técnico Vilar pediu sua contratação. No entanto, quando houve a ameaça de morte, a permanência do jogador ficou insustentável.

– Foi um garoto que eu pedi a contratação, dei todo o apoio a ale. Nós sabíamos dos problemas que ele tinha extracampo. Não esperava que isso acontecesse, mas a partir do momento que aconteceu, fica difícil para qualquer comandante, qualquer diretoria dentro de um elenco de 36 jogadores manter um jogador que ameaça de morte o outro – afirmou.

Wesley tem 24 anos, passagem pelo Fortaleza e jogou o último Campeonato Cearense pelo Pacajus. Ele participou de 10 jogos pelo Ferroviário e marcou dois gols. O time disputa a Série C do Campeonato Brasileiro.