Astros da NBA lideram protestos contra racismo nos Estados Unidos


O armador Russell Westbrook e o ala-armador DeMar DeRozan, que atuam por Houston Rockets e San Antonio Spurs respectivamente, lideraram um protesto contra os casos de racismo nos Estados Unidos na cidade de Compton, na Califórnia.

Ambos na linha de frente da manifestação, os dois atletas são muito vocais sobre problemas sociais e não deixaram de lutar por seus direitos e por uma sociedade mais justa.

Os protestos fazem parte do movimento "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam), que estouraram ao redor dos Estados Unidos após o assassinato de George Floyd, na última semana, na cidade de Minneapolis (EUA).

George Floyd era um homem negro de 46 anos que foi assassinado por um policial durante uma abordagem. Ele foi imobilizado pelo oficial, que usou seu joelho contra a nuca de Floyd por cerca de nove minutos. Ignorando os constantes avisos de que não conseguia respirar, George acabou desmaiando e morreu por asfixia.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também