Astro galês Gareth Bale anuncia sua aposentadoria "com efeito imediato"

O atacante galês Gareth Bale, de 33 anos, anunciou nesta segunda-feira em um comunicado que está pendurando as chuteiras, depois de ter participado com a sua seleção da Copa do Mundo do Catar, onde a equipe foi eliminada na primeira fase.

"Depois de pensar cuidadosamente e com profundidade, anuncio minha aposentadoria imediata de clubes e do futebol internacional", escreveu o ex-jogador do Real Madrid e do Tottenham, entre outras equipes, e atualmente no Los Angeles FC, da liga americana, em mensagem publicada em suas redes sociais.

- Cinco Champions no currículo -

"Me sinto incrivelmente sortudo por ter realizado o meu sonho de praticar o esporte que amo e que me proporcionou alguns dos melhores momentos da minha vida", acrescentou Bale, que disputou 17 temporadas como profissional, nas quais venceu, entre outras títulos, cinco Ligas dos Campeões, todas pelo Real Madrid, onde atuou de 2013 a 2022.

"Desde meu primeiro jogo pelo Southampton até o último pelo LAFC, tudo o que aconteceu no meio moldou uma carreira no clube da qual sinto imenso orgulho e gratidão", acrescentou o astro galês, que jogou 111 partidas por sua seleção (um recorde), chegando às semifinais da Eurocopa-2016 e levando o país ao Catar para uma Copa do Mundo após 58 anos de ausência.

Sua carreira, porém, foi prejudicada nos últimos anos por seus constantes problemas físicos, que o impediram de jogar regularmente pelo Real Madrid.

Antes, fica para a história o seu desempenho na final da Liga dos Campeões de 2018, quando deu a vitória à equipa merengue com uma dobradinha contra o Liverpool (3-1), marcando um dos gols com uma espetacular bicicleta.

Desde a sua chegada à capital espanhola, formou com Cristiano Ronaldo e Karim Benzema o ataque que ficou conhecido como 'BBC'.

Bale marcou 106 gols pelo Real Madrid. Contratado em 2013, aos 24 anos, numa transferência de 104 milhões de dólares (96 milhões de euros), deixou a sua marca desde a primeira temporada, quando fez um gol de cabeça na final da Liga dos Campeões disputada em Lisboa, na qual o Real Madrid conquistou o décimo troféu, diante do Atlético de Madrid (4-1).

- Talismã em finais -

Nesse ano de 2014 também marcou o gol que deu a vitória na final da Copa do Rei contra o Barcelona (2-1) com um arrancada espetacular.

Bale se tornou conhecido na Premier League com o Tottenham (2007-2013 e depois 2020-2021 por empréstimo) acumulando um bom número de gols inesquecíveis.

Mas seus dias mais bonitos foram vividos com a seleção galesa. Jogador com mais jogos e mais gols marcados (41), numa carta aberta à sua "família galesa" também publicada esta segunda-feira, o jogador natural de Cardiff confessa que encerrar a sua carreira pela seleção é "de longe a decisão mais difícil" da sua carreira.

"Minha jornada no cenário internacional não mudou apenas minha vida, mas também a pessoa que sou. A oportunidade de ser galês e ser convocado para jogar, de ser o capitão do País de Gales, me deu algo incomparável com o restante de coisas que experimentei", acrescentou.

Os últimos dias de Bale foram passados no Los Angeles FC, aonde chegou em junho de 2022 com a ideia de se preparar para a Copa do Mundo. Meses depois, ele foi fundamental para ajudar seu time a conquistar o título da MLS com um gol de cabeça decisivo na prorrogação, na final contra o Philadelphia Union. Sua equipe ergueu a taça depois de vencer nos pênaltis. Foi o último título de sua brilhante carreira.

hpa/fbx/mcd/pm/aam