Astro da NFL Tom Brady assumirá papel de comentarista de televisão após aposentadoria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Tom Brady vai se tornar comentarista da Fox Sports após sua aposentadoria (AFP/Michael Reaves) (Michael Reaves)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O quarterback da NFL, Tom Brady, atuará como comentarista de televisão na Fox Sports quando se aposentar, informou a rede de esportes nesta terça-feira.

O atleta de 44 anos, sete vezes vencedor do Super Bowl, decidiu recentemente prorrogar sua carreira por pelo menos mais uma temporada, revertendo uma decisão de aposentadoria anunciada em fevereiro.

No entanto, o astro do Tampa Bay Buccaneers já lançou uma lucrativa carreira na televisão, e a Fox confirmou nesta terça que Brady entraria na cabine de comentaristas quando seus dias de jogador finalmente terminarem.

"Temos o prazer de anunciar que, logo após sua carreira de jogador, o sete vezes campeão do Super Bowl, Tom Brady, se juntará a nós na @FOXSports como nosso analista principal", disse o CEO da Fox Corporation, Lachlan Murdoch, em comunicado, descrevendo a contratação de Brady como um "acordo de longo prazo".

"Estamos entusiasmados que Tom concordou em se juntar à equipe Fox e desejamos a ele tudo de melhor nesta próxima temporada”, acrescentou Murdoch.

Os números do acordo não foram divulgados, mas o jornal New York Post, que como a Fox Sports pertence e é controlado pela família Murdoch, disse que Brady receberá US$ 375 milhões em 10 anos.

Se confirmados, esses números superam o salário anual de Brady com os Buccaneers, que no ano passado chegou a cerca de US$ 30 milhões.

O Post descreveu o acordo de Brady como o maior contrato da história da transmissão esportiva.

Enquanto isso, Brady disse que estava ansioso pela mudança. "Empolgado, mas com muitos negócios inacabados em campo com os @Buccaneers", escreveu Brady no Twitter.

As redes de televisão americanas têm uma longa tradição de contratar ex-jogadores, especialmente quarterbacks, como analistas, muitas vezes com contratos multimilionários.

O ex-quarterback do Dallas Cowboys, Troy Aikman, recentemente trocou a Fox pela ESPN em um contrato de cinco anos no valor de US$ 92,5 milhões.

Outro ex-quarterback dos Cowboys, Tony Romo, teve uma carreira de sucesso na CBS, assinando um novo contrato com a rede em 2020 que lhe pagará cerca de US$ 17 milhões por ano.

rcw/bsp/meh/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos