Astro da Alemanha volta atrás e desiste de aposentadoria da seleção

Müller chegou a se despedir da seleção alemã, mas voltou atrás (Foto: GES/DFB)


O atacante Thomas Müller afirmou nesta segunda-feira que está "sempre disponível" para convocações para defender a seleção da Alemanha. O jogador do Bayern de Munique havia feito um discurso em tom de despedida após a eliminação alemã na Copa do Mundo do Qatar, mas mudou de ideia.

- Estava emocionado após a partida, foi um momento triste. Pensei nisso e troquei ideias com Hansi Flick. O objetivo é ter sucesso novamente. Ele tem muitas opções de ataque. Estou muito tranquilo quanto a isso. Enquanto eu for um jogador de futebol profissional, estarei sempre disponível na seleção nacional se eles precisarem de mim - declarou Müller em coletiva de imprensa.

Após o jogo contra a Costa Rica na última rodada da fase de grupos, o camisa 13 chegou a dizer que "foi um prazer" defender a seleção alemã, o que deu a entender que Müller estava próximo de uma aposentadoria do selecionado nacional. Aos 33 anos, o atacante participou de quatro Copas do Mundo.

+ Cristiano Ronaldo quer companheiro de seleção como reforço no Al-Nassr, diz jornal

Campeão mundial em 2014 na edição disputada no Brasil, Müller soma 44 gols em 121 jogos pela seleção da Alemanha, sendo 12 gols anotados em Mundiais da Fifa. Na atual temporada, o atacante foi às redes em três oportunidades em 15 partidas pelo Bayern de Munique. Na Copa do Qatar, Müller não marcou nenhuma vez.