Aston Villa fecha seu centro de treinamento após vários casos de covid-19

·1 minuto de leitura
(arquivo) Visão geral do exterior do estádio do Aston Villa antes do jogo da Premier League inglesa contra o Manchester United em Villa Park, no centro de Birmingham, Inglaterra, em 9 de julho de 2020

O Aston Villa fechou seu centro de treinamento após a detecção de vários casos positivos de covid-19 em seu time e na comissão técnica, anunciou o clube da Premier League nesta quinta-feira.

A realização da partida do Aston Villa pela Copa da Inglaterra contra o Liverpool na sexta-feira está, portanto, em suspenso.

Após vários casos positivos detectados nos times das equipes de segunda e terceira divisão do Derby County e Shrewsbury Town, no norte do país, agora é a vez do Villa, da Premier League, ser duramente atingido pelo vírus.

Depois de Liverpool, Manchester City e Newcastle, o Aston Villa é o quarto time da Premier League a ser atingido pelo vírus nos últimos dois meses. Mas também o primeiro a ter que fechar seu centro de treinamento.

Pouco antes do anúncio dos 'Villans', a Federação Inglesa de Futebol confirmou ao Southampton sua decisão de cancelar o jogo da FA Cup, em que o Saints enfrentaria o Shrewsbury Town, depois que vários jogadores e membros da comissão técnica desse time da terceira divisão terem testado positivo.

Na quarta-feira foi o Derby County, time da segunda divisão onde joga o ex-atacante da Inglaterra e do Manchester United Wayne Rooney, que anunciou que mandaria a Chorley (da sexta divisão) em Lancashire, também pela FA Cup, uma equipe formada em sua maioria por jovens após a descoberta de nove casos positivos dentro do elenco e da comissão técnica do time do norte da Inglaterra.

Vários jogos da Premier League já foram adiados nas últimas semanas, no momento em que a Inglaterra decidiu voltar ao confinamento total.

kca/dmc/bpa/gf/iga/aam