Assistência, amor! Egídio, do Fluminense, foi o quarto jogador com mais passes para gol na temporada

LANCE!
·1 minuto de leitura


Contratado no início de 2020, Egídio viveu uma temporada de altos e baixos no Fluminense. Iniciou no time titular, chegou a ficar no banco para Orinho e perdeu a posição com a chegada de Danilo Barcelos. Entretanto, no fim do Campeonato Brasileiro, o experiente jogador retomou a boa fase e encerrou com total confiança do técnico Marcão. Os números também ajudam: o lateral-esquerdo foi o quarto jogador com mais assistências em 2020/21.

> Fluminense é o grande há mais tempo sem conquistar o Carioca: relembre as campanhas dos últimos 20 anos

O levantamento foi feito pelo "SofaScore". Egídio somou 11 passes para gol, empatado com Juninho Capixaba, do Bahia e Reinaldo, do São Paulo. Ficaram à frente dele apenas Vina, do Ceará, com 19, Arrascaeta, com 14, e Gabriel Barbosa, com 12, ambos do Flamengo. Completam o top-10 Keno, do Atlético-MG, Rony, do Palmeiras, e Bruno Henrique, do Flamengo, todos com 10, além de Soteldo, do Santos, com nove.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO CARIOCA

O meia Nenê, melhor marcador do Flu na temporada, também teve destaque nos números totais, marcando 20 gols. Ele empatou com Claudinho, do Red Bull Bragantino, décimo colocado no ranking.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Egídio também ficou bem em termos de desarmes, sendo um dos líderes da equipe no quesito. O jogador é um dos atletas do profissional que segue de folga até segunda-feira, diferentemente de Danilo Barcelos, que será titular no clássico contra o Flamengo, pelo Campeonato Carioca. O lateral tem contrato até o fim deste ano com o Tricolor carioca.