Assinatura, reforços e planejamento: os próximos passos do Santos com Jesualdo Ferreira

Gabriela Brino
LANCE!
Jesualdo exaltou o quinteto ofensivo que o Santos tinha nos anos 60 (Foto: AFP)
Jesualdo exaltou o quinteto ofensivo que o Santos tinha nos anos 60 (Foto: AFP)

Acertado verbalmente com o Santos, o técnico Jesualdo Ferreira é esperado no Brasil nos próximos dias para assinar o contrato. O português encontrará o presidente José Carlos Peres para concretizar o acordo e dar andamento ao planejamento para 2020.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Discutir reforços está nos planos do Peixe. A ideia é ouvir o que Jesualdo tem em mente para a próxima temporada e avaliar o mercado junto do treinador. Raniel e Madson, anunciados antes do acerto, são dois atletas com o qual o português já irá contar.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A diretoria também quer levá-lo à Baixada Santista para conhecer a Vila Belmiro, CT Rei Pelé e CT Meninos da Vila para mostrar a estrutura de trabalho e ouvir o retorno do treinador. Vale lembrar que houve reformas recentes nos locais.

A expectativa é de que o vínculo com Jesualdo dure até o fim da gestão de José Carlos Peres, que não pretende voltar a se candidatar para o cargo. Por isso não deve ter multa no contrato do português.

Jesualdo está empolgado com a ideia de estar à frente do Santos e principalmente com a Libertadores em 2020. A possibilidade de ganhar o título anima o fato de trabalhar com o Santos.

QUEM É JESUALDO FERREIRA

Pouco conhecido no Brasil, Jesualdo Ferreira é um treinador português, 73 anos, que pensava em se aposentar, porém, ao saber do sucesso de Jorge Jesus, se animou com a ideia de treinar um clube brasileiro.

Apesar da idade, não se engane. O estrangeiro é experiente, estudioso e pode impressionar. Esteve à frente do Porto, Sporting e Benfica, por exemplo, além de ter feito um bom ano pelo Al-Saad, no Catar. É um treinador calmo e observador, inclusive, instrui até orientação corporal aos atletas... como receber a bola e dominá-la da forma correta.

Diferentemente de Sampaoli, Jesualdo não é "ofensivo custe o que custar", mas também não é defensivo ao extremo. É equilibrado, tem apego ao estilo de jogo no 4-3-3 com mais liberdade para criação, o que já deu certo no Santos. O português tem em mente que atacar é importante, mas sempre preparando a defesa.

Jesualdo é campeão nacional em três continentes: português, três vezes pelo Porto, egípcio pelo Zamalek e Gatari pelo Al-Sadd, neste ano. "O Professor" como é chamado em Portugal, por sua tranquilidade e observação, costuma ter bom relacionamento com os atletas e agrega na potencialização do jogador. Ele também é conhecido por usar a base com frequência.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também