Assim como no feminino, Brasil não vai à final do revezamento 4 x 100 m masculino

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o quinto lugar em sua qualificatória do revezamento 4 x 100 m, nesta quinta-feira (5), o Brasil não conseguiu chegar à final da modalidade nas Olimpíadas de Tóquio-2020.

O time composto por Rodrigo do Nascimento, Felipe Bardi, Derick Silva e Paulo André Camilo fez o percurso em 38s34.

Como não ficou entre os três primeiros, precisava torcer para que apenas três países fizessem tempo menor que este na segunda eliminatória. A Alemanha cravou 38s06 na quarta colocação e eliminou o Brasil.

Mais cedo, a equipe feminina também ficou com a quinta posição nas qualificatórias para o revezamento 4 x 100 m. O resultado não foi bom o bastante para levar o país à final. Classificaram-se os times da Alemanha, Suíça e China.

Ainda assim, com 43m15, o grupo composto por Bruna Farias, Ana Claudia Lemos, Vitoria Rosa e Rosângela Santos obteve sua melhor marca da temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos