Assediado por torcedores do Flamengo, Bruno vence a primeira com o Boa em jogo sem protestos

Goleiro Bruno durante partida do Boa Esporte no Campeonato Mineiro 2017 - Segunda Divisão. Foto: Gazeta Press

Bruno finalmente ganhou sua primeira partida desde que voltou a jogar futebol profissionalmente. Depois de três jogos sem vitórias, o Boa Esporte bateu o Tupynambás por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (19) no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, pela quarta rodada do hexagonal final do Módulo II do Campeonato Mineiro.

Foi a segunda partida do goleiro fora de casa com o novo clube, e desta vez, ao contrário do ocorrido em Patrocínio, contra o Patrocinense, no dia 12 de abril, ele não ouviu xingamentos ou qualquer tipo de ofensa, segundo relatos dos presentes no embate da última noite.

Aliás, foi pelo contrário. Apenas 139 pessoas estiveram presentes nas arquibancadas, e ao invés de Bruno, elas vaiaram sua própria equipe, que sofreu a quarta derrota em quatro jogos no hexagonal final e está na lanterna. O goleiro, aliás, foi assediado durante o jogo por torcedores do Flamengo, o último clube que ele defendeu antes de ser preso pela morte de Eliza Samudio, em 2010.

O Boa Esporte ocupa o quarto lugar do hexagonal final, com cinco pontos em quatro jogos, e está atrás de Patrocinense, com 10, Betinense, com nove, e Nacional de Muriaé, com seis.