Barty vence Kerber e vai enfrentar a sensação Jil Teichmann na final em Cincinnati

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
A australiana Ashleigh Barty devolve a bola para a alemã Angelique Kerber nas semifinais do WTA 1000 de Cincinnati em 21 de agosto de 2021
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo, venceu a alemã Angelique Kerber neste sábado e se classificou para a final do WTA 1000 de Cincinnati onde vai enfrentar a sensação suíça Jil Teichmann, que derrotou a tcheca Karlina Pliskova.

Barty, primeira cabeça de chave, se manteve firme na quadra para derrotar a alemã em dois sets com parciais de 6-2 e 7-5 em uma hora e 16 minutos.

A australiana confiou muito em seu saque eficaz, com o qual ganhou 12 aces contra apenas um de sua adversária.

Depois de uma primeira parcial vencida com facilidade, a australiana de 25 anos teve que lutar muito no segundo set para garantir sua quarta vitória contra duas derrotas diante de Kerber, ex-número 1.

Esta será a sexta final da temporada para a australiana, que enfrentará a vencedora da outra semifinal entre a suíça Jil Belen Teichmann, que entrou no torneio pelo 'quali', e a tcheca Karolina Pliskova, quinta cabeça de chave.

A número um do mundo, que lidera o ranking da WTA nas últimas 82 semanas, superou assim seu desempenho em 2019 em Cincinnati, quando caiu exatamente nessa fase.

A australiana havia eliminado na etapa anterior a tcheca Barbora Krejcikova, enquanto Kerber derrotou a também tcheca Petra Kvitova, décima primeira cabeça de chave.

Depois de não jogar no segundo semestre do ano passado, a líder do ranking voltou com sucesso.

Barty, que não perdeu um set em Cincinnati, entra como uma das favoritas a vencer o US Open em Nova York, a partir de 30 de agosto, um dos dois troféus Grand Slam que faltam em sua galeria, já que venceu Roland Garros (2019) e Wimbledon (2021).

Em Cincinnati, Barty terá pela frente a surpreendente suíça Jil Teichmann que entrou no torneio pela fase de classificação e nas semifinais surpreendeu Pliskova em uma partida que durou uma hora e 24 minutos e terminou com parciais de 6-2 e 6-4.

Teichmann se beneficiou de oito aces em seu saque, enquanto sua oponente cometeu cinco duplas faltas.

A suíça disputará a quarta final de sua carreira e a primeira em um torneio da categoria WTA 1000.

Jil Teichmann (76ª no ranking da WTA), de 24 anos, tem dois troféus em torneios em quadras de saibro de nível 250, vencidos em Palermo e Praga há dois anos.

Ela fez uma excelente campanha em Cincinnati, onde eliminou a japonesa Naomi Osaka e sua compatriota Belinda Bencic, campeã olímpica de Tóquio.

-- Resultados deste sábado no torneio WTA 1000 de Cincinnati:

Semifinais:

Ashleigh Barty (AUS/N.1) x Angelique Kerber (ALE) 6-2, 7-5

Jil Teichmann (SUI) x Karlina Pliskova (CZE/N.5) 6-2, 6-4

meh/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos