Artilheiros da goleada celebram vitória do São Paulo na Copinha

O paraguaio Galeano fez o primeiro gol do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
O paraguaio Galeano fez o primeiro gol do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)


O São Paulo conquistou na última terça-feira a sua primeira vitória nesta edição da Copinha. E o triunfo veio com muitos gols, estabelecendo a maior goleada do torneio em 2020: 9 a 1 sobre o Palmeira-RN. Diante de tantas bolas na rede, dois jogadores se destacaram em São Bernardo do Campo: o lateral-direito Anilson e o atacante Galeano, que marcaram dois tentos cada um.

Autores de quatro dos nove gols são-paulinos no estádio Primeiro de Maio, os jovens celebraram a boa atuação, que dá mais confiança aos atuais campeões da Copa São Paulo, que empataram em 0 a 0 na estreia com o Operário-PR.

- No primeiro jogo, não deixamos boa impressão, mas conseguimos marcar logo no início da segunda partida, o que nos deu tranquilidade para buscar o placar, que acabou sendo elástico - disse Anilson, autor do 1º e do 3º gol, ao site oficial do clube.

- É sempre bom fazer um bom resultado para descansar bem, dormir tranquilo para a próxima batalha, pois sexta-feira temos um jogo muito importante contra o São Bernardo - completou o lateral.





Além de Anilson, Galeano se destacou marcando dois gols, o quarto e o sexto da elástica goleada, um em cada tempo do jogo. O paraguaio comemorou a entrega dos garotos de Cotia no duelo com o adversário potiguar.

- Quero seguir marcando gols para ajudar o São Paulo. Estávamos muito concentrados e lutando pela vitória, todos se empenharam muito, agora temos que fazer mais uma boa partida na próxima rodada em busca da classificação - declarou o atacante tricolor.

O São Paulo volta a campo pela Copinha na próxima sexta-feira, às 21h30, contra o EC São Bernardo, no estádio Primeiro de Maio. Com uma vitória ou um empate, o Tricolor se classifica em primeiro. Se perder, classificará em segundo se o Operário-PR não tiver vencido o Palmeira-RN no jogo das 19h15.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também